Categorias: Lucerna/Luzern, Suíça (viagens & passeios)

Roteiro em Lucerna: dicas do que fazer em 3 dias

Lucerna é uma das cidades mais visitadas da Suíça e fica no centro do país. Uma ótima oportunidade de fazer do lugar sua “base” e realizar passeios bate e volta a partir da cidade. Aqui eu vou colocar dicas do que aproveitar em Lucerna e região com um roteiro de 3 dias.

LUCERNA
A cidade é a capital do cantão (estado) de mesmo nome e possui pouco mais de 80 mil habitantes. O lugar tem a cara da Suíça, isto é, a arquitetura, as flores nas janelas…tudo muito bonito e cuidado. A estação de trem fica bem em frente do lago e de onde saem os passeios de barco. Há muitos hotéis próximos da estação, o que facilita o deslocamento ao chegar na cidade.

Dedique um dia para passear por Lucerna, caminhar com calma pelas ruas do centro histórico (onde na maioria só circulam pedestres). Aproveite também para fazer um passeio de barco pelo lago, que na minha opinião, é um dos mais lindos da Suíça.

DIA 1
O QUE VER E FAZER EM LUCERNA:

– KKL (sigla em alemão de Kultur und Kongresszentrum Luzern): é um espaço de eventos onde são realizados concertos, congressos e exposições. Nele também há bares e restaurantes, sendo um bar com uma vista para o Lago e um restaurante com pontuação 16 no GaultMillau.

Em dezembro, em frente do KKL, é montada um pista de patinação no gelo e há barraquinhas ao redor, vendendo bebidas quentes e comidas. Uma das atrações do inverno na cidade.

A patinação no mercado ao lado da estação de Lucerna.

– PASSEIO DE BARCO: pelo lago de Lucerna (também chamado de lago dos 4 Cantões) você pode fazer muitos passeios. Um deles é no Yacht Saphir, que demora 1 hora. Ele faz uma volta em uma das partes do lago e você pode acompanhar os lugares por onde passar, pelo audio guia incluido no passeio.


– PONTE DA CAPELA E TORRE D’ÁGUA:  a Ponte da Capela (em alemão: Kapellbrücke) e a torre D’água (em alemão: Wasserturm) são um dos lugares mais fotografados da Suíça. A ponte é toda de madeira e foi construída no século 12. Em 1993 parte dela pegou fogo em as marcas do incêndio ainda se pode ver, na parte de dentro da ponto, onde ficam as pinturas. Ao caminhar pela ponte você vê no alto pinturas que conta a história da cidade. Antes do incêndio eram 158. Sobraram 62 pinturas e algumas então queimadas ou parcialmente queimadas.

– IGREJA DOS JESUÍTAS: esta igreja católica é uma grande construção em estilo barroco da Suíça. Ela é do século 17 e seu interior é belíssimo.

– SPREUERBRÜCKE: a ponte da Capela é a ponte mais conhecida de Lucerna. Mas além dela, tem a ponte Spreuer. Ela foi construída no século 15 e também possui pinturas nela. Essas pinturas retratam a “Dança da Morte”, por estar a morte sempre onipresente em nossas vidas.

Foto: Outdoor Active

– MURALHA: a muralha é uma fortificação do século 14. Dez torres pertenciam originalmente à construção. Restam nove, atualmente. Algumas torres é possível visitar.

Lucerna vista do alto das muralhas.

– CENTRO HISTÓRICO: passear pelas ruazinhas do centro de Lucerna e admirar as pinturas nas fachadas dos prédios.

– MONUMENTO DO LEÃO: este é, na minha opinião, o monumento mais lindo da Suíça. É um leão esculpido direto na rocha e muito expressivo, mostrando a tristeza por ter sido abatido. Ele foi criado para homenagear cerca de mil guardas suíços que morreram em Paris, durante a Revolução Francesa, em 1792.

_____________
DIA 2
VISITAR UMA MONTANHA:

Neste dia você pode visitar uma das montanhas que ficam próximas da cidade, como o Monte Pilatus, o Monte Rigi ou o Monte Titlis. No Monte Rigi, tem uma piscina de águas termais para quem curte um momento de wellness, de relaxamento. Para o Monte Pilatus você pode fazer o passeio da Rota Dourada. Para o Monte Titlis você precisa pegar o trem na estação de Lucerna e em 45 minutos você chega em Engelberg, o vilarejo alpino onde fica o Titlis.

Passeio de montanha é demorado e por isso é para um dia todo. Por isso, melhor não programar outro passeio quando você conhecer os Alpes.

Este é o Rotair.

_______________________________

DIA 3
CONHECER UMA FÁBRICA DE QUEIJO E DE BOLACHAS OU UMA FÁBRICA DE CHOCOLATES:

Quem vem na Suíça precisa conhecer onde são fabricados os famosos queijos e chocolates. Certo?A fábrica do queijo Emmentaler fica a 1h de carro a partir de Lucerna. Este queijo é conhecido como “queijo Rei” pelo seu tamanho que pode chegar a 80 cm a 100cm de diâmetro e pelos buracos que tem nele, por conta da fermentação. A fábrica fica na região de Emmental, muito bonita com as colinas que podemos ver ao longe boa parte do lugar. Outra fábrica que você pode visitar é a Kambly, que fabrica bolachas há mais de 100 anos. A marca é uma das mais tradicionais da Suíça.

Perto de Lucerna tem também uma fábrica de chocolates. É a Aeschbach Chocolatier. Eles fabricam chocolates artesanais e você pode fazer sua própria barra de chocolate lá.

Além desses lugares você pode aproveitar em Lucerna e região: 
– MUSEU DO TRANSPORTE: que as crianças adoram e é atração para um dia inteiro. O museu é grande e vale a pena aproveitar tudo o que ele tem para oferecer.

– MUSEU DO CANIVETE (VICTORINOX): aqui você consegue combinar um passeio de barco pelo lago de Lucerna e ainda conhece o museu do Canivete que fica na cidade de Brunnen.

– MONTANHA STOOS: esta montanha tem hotel SPA e o funicular mais íngreme do mundo. Além de uma vista linda para o lago de Lucerna.

Se você estiver em Lucerna em dezembro, aproveite para visitar o Mercado de Natal da cidade e, em janeiro, tem o Festival de Luzes (LILU) que é um espetáculo. O Lilu são projeções em fachadas de prédios do centro histórico, além de show de luzes no teto da igreja St. Leodegário.

De hotéis, eu comentei que próximos da estação tem alguns, o que facilita o deslocamento. Eu sugiro hotéis como o Monopol , Alpina, Ameron, Park, Continental, Central. Para quem prefere hotéis 5 estrelas, tem o National e o Schweizerhof.

E para se deliciar com a culinária Suíça eu recomendo os restaurantes: Rathaus Brauerei, Old Swiss House , Mill’Feuille e  La Bonne Cave.

Aproveite para conhecer os chocolates da Bachmann, uma chocolateria artesanal super tradicional que também serve um delicioso sorvete artesanal.

*************************************************************

Se você quer conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu passeio, saiba que eu posso te ajudar a tornar sua viagem fácil e prazerosa de fazer.

Temos uma equipe de guias para acompanhar você em seus passeios ou, se preferir, posso fazer o seu roteiro.
Basta clicar aqui abaixo, para mais informações:
Eu quero um tour com guia brasileiro
Eu quero um roteiro personalizado

Tudo muito prático e sem dor de cabeça!! Entre em contato e faça um orçamento.

Dica de viagem:
Para reserva de hotel, eu recomendo o Booking.com , pois sempre reservo por ele e tem muitas opções com preços variados.

Quem deseja alugar um carro, o site da rentcars mostra as opções de várias locadoras. Assim, você pode escolher o preço e o modelo que melhor desejar.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.