Nem tudo que plantamos, a gente colhe!

Quando aflorou meu lado fazendeiro de ser, resolvi montar a minha horta aqui em casa. Eu sempre via nas casas o povo plantando e colhendo seus temperos, verduras, e foi então que decidi que eu também iria fazer o mesmo.
Já tinha comentado no post sobre a primavera que eu tinha esta intenção. Então, comprei as sementes e resolvi iniciar o que seria o começo da minha grande plantação (aham!)

Tá, meus dotes agropecuários não são muitos (quase nada eu diria), mas fui lá e fiz (frase de auto ajuda né?). Arrumei a floreira e plantei salsinha, cebolinha e manjericão. O manjericão foi o primeiro a dar o ar de sua graça. E que coisa boa sentir o cheirinho dele!! E o meu orgulho de ter conseguido fazer algo nascer além do velho feijão no algodão hein????

O manjericão já nascendo (do lado direito).

Mas o problema é que a cebolinha e a salsinha não me deram a mesma felicidade. Ai, que frustrada eu fiquei. Meu marido para ajudar ainda disse: “Tá aparecendo uns capins aqui na tua horta!!!” Respondi sem muita paciência e com os dentes cerrados: “Não é capim, é salsinha e cebolinha!!!!”. Mais triste foi a constatação de que ele tinha razão. Parecia capim mesmo, pois nasceram bem pouco!!!

Tudo para ficar deste jeito depois e acabar com a minha alegria! 🙁

Porém, não me deixei abalar. Meu espírito empreendedor rural falou mais alto. Agora eu plantei tomate cereja, cenoura e salsinha (to insistindo nela ainda!!). E também flores!! Tudo bem que a primavera aqui já se foi né?? Mas tá valendo. Vai que dá certo né???? O pensamento positivo é a alma do negócio.

Da esquerda para direita: tomate cereja, cenoura e salsinha (atrasada prá variar!!)
As flores (ainda há esperança!!!)

Então minha gente, agora estou me sentindo A expert em verduras orgânicas. Ok, as cenouras, cerejas e salsinhas AINDA não deram resultado. Mas já estão dando sinais de que ficarão melhores que a primeira tentativa de formar uma horta bonita.

Daqui a pouco faço um post contando que tive que aumentar a produção e comprar um trator e colheitadeira!!!! (Daqui a pouco vem a neve e acaba com tudo, isso sim!!!)

13 comentários em “Nem tudo que plantamos, a gente colhe!

  • setembro 26, 2011 em 10:07 am
    Permalink

    hahahaha… mas aaahhhh guria. Como eu te falei, eu tb planto tomatinho cereja, já que ganho mudinhas da minha sogra todos os anos 🙂 Só uma dica pro tomate cereja: planta em um vaso grande (furado embaixo), separado das outras mudinhas e molha bastante todos os dias.
    Agora acho que está meio tarde, mas tenta no ano que vem dai 😉
    Bjão

    Resposta
    • setembro 28, 2011 em 8:16 am
      Permalink

      Mel….pode deixar. Vou cuidar do tomate cereja para vc vir aqui e comer o que eu colher da minha horta. Obrigada pelas dicas!!
      Beijão!

      Resposta
  • setembro 26, 2011 em 12:38 pm
    Permalink

    Sempre quis fazer uma hortinha e nunca me empolguei… quem sabe agora com o teu incentivo.

    Ah, eu fiz as primeiras compras com o scanner no Stop Shop (supermercado daqui) e deu super certo. Obrigada pelo exemplo e incentivo! 1 hora de compra transformada em 30 min.

    Resposta
    • setembro 28, 2011 em 8:16 am
      Permalink

      Paty…que bom que gostou do scanner. É mais rápido né?? uma beleza mesmo!!

      E vamos lá amiga…dá gosto ver o que plantamos crescendo!!! Agora minhas flores estão começando a sair da terra. Se derem certo, eu te mando uma foto!! 🙂 Beijos

      Resposta
  • setembro 26, 2011 em 1:25 pm
    Permalink

    Querida Lulu, que sarro o seu texto! Dei umas risadas! Figuraça que você é! Beijos e boa sorte com a sua horta! Belo exemplo!

    Resposta
    • setembro 28, 2011 em 8:15 am
      Permalink

      oi Josinha….espero que dê certo de verdade agora a horta né??? hahaha beijos

      Resposta
  • setembro 26, 2011 em 2:13 pm
    Permalink

    Amiga acho melhor vc plantar uma macieira,não que seja sobrevivente, mas, mais resistente ao inverno kkkkkkkkkkkkkkkkkk..ou melhor,não existe os jardins de inverno?Então!faça uma horta de inverno com toda a infra-estrutura.:D

    Resposta
    • setembro 28, 2011 em 8:14 am
      Permalink

      Sheila…jardim de inverno??? onde vou fazer isso aqui em casa criatura??? hahahaha
      Obrigada pela dica da macieira…é uma opção né?? 🙂
      Beijão!

      Resposta
  • setembro 26, 2011 em 2:21 pm
    Permalink

    kkkkkkkkkkkkkkkk, que linda tua horta….amei…e os coelhinhos lá….aaaaaaaaaaaaaaa que lindinhos…. Dei mta risada…mto bom o post…. Qdo a primavera voltar planta gerânios (compra a mudinha pronta lá no migrão ou no coop….) aposto que tu vai te empolgar….aquilo nasce….e fica lindão………agora a tal da salsinha…!!!! uhmmmmm acho que o capim vai tomar conta….kkkkkkkkkkkkkkkkk Bjos

    Resposta
    • setembro 28, 2011 em 8:14 am
      Permalink

      viu que lindos os coelhinhos…kkkkk e as floreiras??? mais uma das doações da Viviani e Novaes Ltda….hahahaha obrigada pela dica. Agora estão a venda as “cebolas” de tulipas. Tô pensando em comprar. Vai que dá certo né??
      E o capim….eu diria que meu marido é super corajoso né??? hahahahaha

      Beijão!

      Resposta
  • setembro 28, 2011 em 2:45 pm
    Permalink

    Uai Ana lacra toda a varanda com vidro,que vc consegue um belíssimo jardim de inverno rsrsr

    Resposta
    • setembro 29, 2011 em 7:48 am
      Permalink

      Sheila…tua ideia é muito boa, se não fossem os poréns: aqui fechar a sacada com vidro é caríssimo; investir tanto dinheiro num apto que não é nosso nem pensar; a cobertura da minha sacada não é fixa, eu posso recolher ela se eu quiser e esta mudança toda altera o layout do prédio, o que não é permitido pela imobiliária!! 🙁
      Vou deixar para fazer isso no Brasil mesmo!! 🙂
      Beijos,

      Resposta
  • setembro 28, 2011 em 2:57 pm
    Permalink

    hahahha agora que eu vi,minha familia toda tá na floreira,os coelhinhos hahahah

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *