3 coisas para aprender!

O legal de ter um blog é poder compartilhar aquilo que achamos que vale a pena e que signifiquem algo para gente.

Assim, resolvi fazer um post com  esse vídeo (5 minutos) que relata a experiência de Ric Elias que tinha um assento na primeira fila no vôo 1549, o avião que pousou no rio Hudson, em Nova York em janeiro de 2009.

O que passou pela sua mente quando o avião desceu desgovernado? No TED, ele conta sua história ao público pela primeira vez.

http://www.ted.com/talks/lang/por_br/ric_elias.html

Sacou?

Um comentário em “3 coisas para aprender!

  • junho 28, 2011 em 7:38 am
    Permalink

    Paty, que legal este vídeo. Guria, chorei!!! Não sei se estou muito emotiva por saudades do Brasil, mas fiquei emocionada mesmo!!! E sabe que aconteceu algo meio que semelhante comigo. Na verdade numa vinda para cá, só eu e a Ana Julia, o comandante do avião disse que iria pousar. Porém no mapa só conseguia ver água. Estavamos quase no noroeste da África, e eu pensei na hora que iríamos cair e morrer. Só pensava em salvar minha filha. E como Ric Elias falou: a sensação de morrer não é o problema, mas sim o fato de que é triste e que vc queria muito fazer várias coisas ainda. E o principal, ver a minha filha crescer. Ainda bem que era só um doido na primeira classe e que depois de pousarmos na Ilha do Sal e ele ser expulso do avião, seguimos nosso caminho.

    Resposta
  • junho 28, 2011 em 8:41 am
    Permalink

    Oi Paty,
    Adorei o vídeo! E como mãe, também me emocionei 🙂 Só um choque assim para nos fazer parar e dar valor à vida, e às pessoas que estão ao nosso redor e que amamos. Imagino passar por uma experiência assim, como vc já passou Ana, que horror… mas imaginem as milhares de pessoas que já passaram por isso e não tiveram um final feliz como o do Ric e o teu Ana…. meu Deus, dá um nó na garganta.
    Parabéns pelo post Paty!
    Um abraço,
    Melissa

    Resposta
  • junho 30, 2011 em 2:03 am
    Permalink

    Paty;

    A vida passa muito rápido…,precisamos sem duvida aproveitar os pequenos momentos, e nos recordar dos verdadeiros instantes…lembrar e ser lembrado…, o importante é saber escrever a nossa história…
    Não sei se sou boa escritora, mas tento escrever uma boa história…
    Saudades!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *