A bicicleta na Suíça

Uma das coisas que eu acho que os suíços aprender logo que começam a caminhar, é andar de bicicleta. Eu já havia postado aqui sobre o transporte coletivo no país. Mas a bicicleta é muito utilizada também. E o melhor, há ciclovias por todos os lugares e muito bem sinalizadas e os carros respeitam os ciclistas.

Cadeirinha para carregar os pequenos!!
Esta “casinha” é para levar as crianças dentro, quando está muito frio ou chovendo!

Não é só quando faz calor que se vê ciclistas pelas ruas. No inverno sempre é possível encontrar alguns corajosos pedalando. Esta mania de andar em duas rodas é tão grande que existem vários acessórios para este esporte. Existem até guias com todas as ciclovias do país. Os modelos vão desde os tradicionais até os elétricos. E preços para todos os bolsos.

Guia com o mapa das ciclovias na Suíça
Placa com as direções que o ciclista deve seguir para as ciclovias.

Para as crianças existem muitas opções. Aqui eu vi as Laufvelo, que são umas bicicletas de madeira, mas sem o pedal. Eu não vejo muita graça nela. Porém ela dá noção de equilíbrio para os pequenos.

Laufvelo (Fonte: www.laufvelo.ch)

Nas escolas são ministradas aulas de como “dirigir” a bicicleta. Como se fosse uma auto escola, só que para bike. As crianças vão para as ruas (ciclovias) com capacete, colete refletor (neste caso quando vão para ruas movimentadas e precisam usar vias onde dividem com os carros, como as rótulas por exemplo) e suas bicicletas. Há o instrutor que orienta o grupo e vai cuidando dele durante todo o trajeto da aula. Nestas aulas são ensinados os sinais que um ciclista precisa fazer para informar outros que estão na rua (os pedestres, outros ciclistas e carros) se irão parar, dobrar para direita ou esquerda.

Gurizada fazendo aula de direção de bicicleta. Estavam aguardando o instrutor dar o sinal para seguirem.

Assim como os carros, as bicicletas precisam de um selo para poder circular pelas ruas. Este é o seguro obrigatório e quem for pego sem ele precisa pagar 40 francos de multa. Vendido em bancas de jornais, o seguro precisa estar colado na bicicleta. Ele cobre somente gastos com danos a terceiros de bicicleta. Junto com ele a gente pode escolher se quer fazer um seguro, como os seguros de carro. Este seria então um seguro mais abrangente, mas é opcional.

O selo do seguro (Fonte: www.ate.ch)
Olhem quantas bicicletas no “estacionamento” da Estação. Este lugares para guardar bicicleta também perto dos pontos de ônibus.

O turismo também oferece atrações que podem ser aproveitadas com a magrela. Existem rotas para os ciclistas curtirem as paisagens suíças, tanto para os que preferem atividades mais radicais em duas rodas, quanto os que desejam passear com crianças ao ar livre. Caso você tenha interesse em curtir a Suíça de bicicleta, neste site aqui você poderá visualizar estas rotas de turismo pelo país.

Um comentário em “A bicicleta na Suíça

  • março 10, 2013 em 9:27 pm
    Permalink

    não encontrei as rotas de turismo para bicicletas na suiça, alguém pode ajudar?

    Resposta
  • abril 4, 2013 em 1:24 am
    Permalink

    Olá Ana Luiza, legal a matéria, e os preços da bicicletas por aí, como estão ?
    aqui no Brasil o pessoal perdeu a noção, eu pratico ciclismo e tô afim de importar uma bike, quem sabe eu não compro uma suiça, tem ótimas marcas aí, abç.

    Resposta
    • abril 4, 2013 em 11:46 am
      Permalink

      Oi Rubens,
      aqui tem bicicletas de todos os preços. Depende do modelo, material…mas opção tem bastante mesmo.
      Abraços,

      Resposta
  • março 4, 2016 em 4:03 pm
    Permalink

    Ana Luiza como será que eu faço para comprar um bike da aarios aqui no brasil? Você tem como conseguir essa informação por ai?

    Resposta
    • março 4, 2016 em 6:46 pm
      Permalink

      Oi Ivan, não sei te dizer como vc faz pra comprar. Eu nem sei que marca é essa. Nunca vi aqui.

      Resposta
  • agosto 1, 2016 em 4:41 pm
    Permalink

    Gente acabei de comprar minha bicicleta aqui na suiça to encantada e tao linda e de otima qualidade! paguei 189 francos comprei num dia no outro cheguei a casa ja estava na minha porta! Ela veio pre montada, ma e super facil de montar ainda nao fui passear com ela porque montamos ontem e hoje nao sai de casa e tambem falta fazer o seguro! Breve irei pedelar pelas ruas da Suiça kkkk!

    Resposta
  • Pingback: Suíça: os segredos do país mais feliz do mundo – Saúde Sem Fronteiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *