Assista Rio, você vai sentir orgulho do Brasil!

Fiz questão de escrever um pequeno post sobre o filme RIO que entrou em cartaz na semana passada aqui nos EUA.

Sem aulas de Spring Break, então ficamos (as mães) como malucas catando atividades para fazer com o filhos. Dia de chuva e frio (aindaaaaa!!!), dia de cinema.

Decidimos, assistir Rio. Fui morrendo de medo do que sairia disso, pois até hoje os filmes brasileiros que fazem sucesso aqui são os do tipo-violentos (Tropa de Elite, Cidade de Deus…)

Com o diretor brasileiro, Carlos Saldanha, que fez a Era do Gelo, esse filme não poderia ter sido mais fiel sobre o Brasil (no caso Rio de Janeiro) considerando que era um filme para crianças.

A música era uma delícia, um samba pop, muita música braileira também. O cenário lindíssimo, com tomadas aéreas da cidade maravilhosa, que confesso eu fiquei maluquinha para entrar num avião e ir direto para o Rio. Imagino que os americanos e estrangeiros que virem o filme, encantados pelas imagens, vão aumentar consideravelmente o tráfego de turistas para o Brasil.

Mas, de uma forma muita interessante, o filme não foi “cego” as misérias brasileiras. Tinha favela, menino de rua, trombadinha do Pão de Açúcar (eram um bando de miquinhos), gang de bandidos traficantes de pássaros raros, de uma forma bastante digerível para as crianças.

Entretanto, tinha as calçadas de Copacabana, o bondinho ao por do sol, os barzinhos boêmios, as praias lotadas de gente e sol e finalmente uma energia que fluía pelo filme totalmente única e brasileira.

Como o filme se passa na época do Carnaval, cenas lindas de escolas de samba e de como o povo brasileiro ama essa festa desfilavam pela tela e confesso que me emocionaram. Tive vontade de dizer para todo mundo que era brasileira e que isso sim era o Brasil, o bom e o ruim.

Para ter uma idéia, numa das músicas do final a platéia do filme (lotado) começou a aplaudir e sapatear junto.

E se não bastasse isso para eu ficar fã do RIO, o Gustavo finaliza para mim dizendo: I like Samba mammy! Para me encher de alegria….

obs.: Para ter mais vontade ainda, assista o trailer do filme (vou pedir um jabá para o pessoal de promoção  rs,rs,rs)

http://youtu.be/Bf6zeRwk5LE

Um comentário em “Assista Rio, você vai sentir orgulho do Brasil!

  • abril 21, 2011 em 2:31 am
    Permalink

    Tb AMEI!! e senti mesma coisa, orgulho, vontade de sambar junto… pra nós, brasileiras q moramos nos EUA, acho q fica ainda mais engraçado né!! impressionante como o Rio, cidade q ninguém conhecia há alguns anos, hj é tida como super cool!!
    bjs, Sil

    Resposta
  • abril 21, 2011 em 3:39 pm
    Permalink

    Boa dica! Vou tentar ir amanha!!! bjs

    Resposta
  • abril 21, 2011 em 8:50 pm
    Permalink

    Oi Paty!!!!Assistimos também na semana passada e tive o maior orgulho desta cidade que sou apaixonaaada!!!!Amei as música, cantarolei as que sabia, chorei…e no final não tem como não dar “uma sambadinha”!!!!!Querido…Gus tem razão querido!!!Me too, I like samba…I like RIO!!!!Beijos, Lu

    Resposta
    • abril 23, 2011 em 12:23 am
      Permalink

      Lu, Silvia…

      Fico feliz que esse espírito de alegria do filme tenha sido algo coletivo. A gente vê muita coisa ruim sobre o Brasil, mas tem que festejar quando aparece algo. legal.

      Fernanda,

      Vai ve sim o filme… vc e todos os brasileiros estrangeiros tem que ver Rio. Mata um bom pedaço das saudades.

      Resposta
  • abril 24, 2011 em 4:49 am
    Permalink

    Paty!
    Assisti ontem o filme com o Marcelo e as crianças e AMAMOS!
    Como vc mesmo disse, o filme mostra as coisas boas e ruins do Rio, mas de um jeito muito legal e real…
    E eu como uma típica carioca que mora longe da terrrinha, tive muito orgulho da minha cidade e fiquei com muitas saudades também.
    Bm.

    Resposta
  • abril 25, 2011 em 4:51 pm
    Permalink

    Me desculpem, mas ter orgulho de um bando de macaquinhos assaltando turistas e mulatas sambando pelas ruas de Copacabana não dá. Uma coisa que os Brasileiros deveriam aprender com os americanos é o forte patriotismo e aproveitar as oportunidades para exibirem sempre o melhor do país e não as coisas ruins, que já são divulgadas sem precisar de filme ou coisa parecida. Fiquei desapontado justamente pelo fato de ser um Brasileiro o diretor do filme.

    Resposta
    • abril 25, 2011 em 5:06 pm
      Permalink

      Guilherme, legal vc repassar a tua opinião, mas… continuo achando muito legal o filme. Infelizmente é verdade o fato de turistas serem assaltados no Brasil, não é? Entendo completamente o teu sentimento, mas acho que o filme conseguiu repassar exatamente o que é o Brasil, um emaranhado de coisas boas e ruins.

      Em relação aos filmes americanos, tem muito filme daqui que passa sim as desgraças desse povo, só que não são os que normalmente fazem sucesso pelo mundo.

      E mais uma coisinha que achei legal foi o fato de ser muito fácil para as criancas entenderem a parte ruim das coisas, sem exagero e sem traumatizar. A vida como ela é!!!

      Abraços e obrigada pelo prestígio!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *