Londres – uma boa impressão!

Voltando a escrever no blog depois de termos viajado para Londres na semana passada. Me surpreendi com a cidade e me apaixonei por ela. Talvez se morasse lá, não gostasse tanto. Mas sem dúvida foi um dos lugares que mais me senti bem.

Não sei quem são, só sei que passaram durante a troca da guarda na frente do Palácio de Buckingham. Coisa de Londres mesmo!
Amei estes carrinhos que vendiam sorvetes. Parecia que eu tinha ido para o passado.
O mapa da cidade

Os londrinos (aí deve-se incluir os imigrantes também) foram muito gentis, na maioria dos casos. Muito educados e dispostos a ajudar e orientar os nossos caminhos durante os passeios. Encontramos brasileiros, claro. Turistando e trabalhando por lá. No nosso hotel havia dois gêmeos brasileiros do Mato Grosso. Um deles está voltando de vez para o Brasil em junho e está contando os dias. Disse que Londres já foi um lugar mais próspero para quem sai do seu país para tentar algo melhor. Agora, depois da crise, está mais difícil arrumar emprego e também vistos de trabalho. O outro ficará mais um tempo por lá. E como são gêmeos, parecia pegadinha, pois a impressão era que sempre o mesmo estava na recepção trabalhando, 24 horas.

Achei a cidade neurótica por segurança. Todos os dias vimos carros da polícia correndo pelas ruas com as sirenes ligadas. Claro que o tamanho de Londres não se compara com o lugar onde nós moramos. E por isso muitas coisas acontecem, muitas pessoas nas ruas. Cidade grande mesmo! Mas eles realmente são muito preocupados com isso. Para terem uma ideia, no London Eye eles revistam as mochilas antes de entrarmos e depois quando saímos eles ainda revistam a cabine que o pessoal andou, se não deixou nada embaixo do banco. No aeroporto então, fui revistada dos pés a cabeça, literalmente. Tive a brilhante ideia de viajar de bota e como sei que ela pode acionar o detector de metais perguntei para o guarda se era melhor eu tirar. Ele falou que não precisava, que se desse o sinal, eu tiraria depois e passaria o calçado na esteira de raio X. Foi então que o detector de metais deu o sinal e começou a revista em mim. Tirei a bota e uma policial veio me revistar. Pernas, braços, o corpo todo mesmo. Depois, para ter certeza que eu estava realmente sem nada que pudesse colocar o avião a baixo, ela ainda passou um detector de metais pelos meus braços e pernas. Ok, parte corporal liberada, agora os mantimentos. Tínhamos comida e água para minha filha. Outra policial pediu para o meu marido tomar a água da mamadeira para poder nos liberar.

Fiquei imaginando o que será nas Olimpíadas. Acho que eles irão pirar!! Mas entendo a situação. Primeiro porque já houve atentados no metrô e segundo que eles estão querendo pacificar a Líbia. Isso também conta para que este medo de algum ataque seja maior.

Eu vi o filme sobre o Jean Charles e confesso que, enquanto estive por lá, pensei no que aconteceu todos os dias.

Outra coisa que está mobilizando a cidade é o casamento real. O grande dia de Kate e do Príncipe William está fazendo com que monumentos sejam restaurados e muitos souvenirs sejam vendidos. São desde canetas, colheres de chá, xícaras, pratos decorativos, livro que conta a vida dos dois, enfim, muitos produtos que estampam o rosto do mais novo casal real. E perguntar quando será o casamento é um grande espanto para quem ouve a pergunta. Meu marido fez isso na loja dentro da Westminster Abbey e a moça olhou para ele horrorizada e disse: “Como você não sabe o dia do casamento do Príncipe? É dia 29 de abril.” Meu marido me olhou e disse: “E ela por acaso sabe do dia do MEU casamento? Porque eu deveria saber o dia do casamento do Príncipe? “ 🙂

O livro e as canecas com a futura Princesa e o Príncipe
As colheres de chá

Fiquei com vontade de ir em um musical. Mas com criança pequena fica meio complicado e resolvemos não arriscar. Então, este foi um programa que não fizemos. Mas se você gosta e tem vontade de assistir, terá inúmeras opções. No metrô você pode ver muitos cartazes de peças e musicais. Uma maravilha!

Enfim, Londres para mim foi uma boa surpresa. Adorei mesmo ter ido e conhecer a cidade.

Um comentário em “Londres – uma boa impressão!

  • março 21, 2011 em 12:11 pm
    Permalink

    Aninha, era só respnder, “ainda não recebi o convite…”…rsrsrs
    Muito boa esta descrição de London!!!Beijos, Lu

    Resposta
    • março 21, 2011 em 2:08 pm
      Permalink

      Pois é Lu….a gente fica sem receber o convite e daí é obrigado a saber a data do casamento??? hahaha gostei..
      beijos,

      Resposta
  • março 21, 2011 em 12:38 pm
    Permalink

    Que dez!!!
    Mas me diz uma coisa… Não chegou ainda o convite do casório do príncipe? Pô, que falta de classe, vai ver ele vai mandar o convite em cima da hora, rsrsrsrs.
    Bjs!

    Resposta
    • março 21, 2011 em 2:08 pm
      Permalink

      Pri….acho que vou fazer uma reclamação formal ao correio da Suíça pela demora da entrega do convite. hahahaha
      Beijos,

      Resposta
  • março 21, 2011 em 12:53 pm
    Permalink

    OI Ana, que bom que gostaram de Londres… Dita como a capital européia, foge dos padrões de segurança europeus mesmo pois é a maior cidade da Europa e tem imigrantes do mundo inteiro. The population of London on January 1st 2010 is approximately 7,668,304. (TRUKNOWLEDGE). Terrorismo é sim uma batalha diária na Inglaterra. E os museus são fantásticos, não são::: Concordo contigo, a brasileira PASSEANDO tá tomando conta, o poder aquisitivo dos brasileiros subiu nos últimos anos e vemos famílias inteiras passeando por aqui. E quanto aos parques, vcs conseguiram curtir os parques de Lodnres que são outros atrativos típicos::: Fico feliz que tenham curtido! Abração
    PS: Quanto a segurança, em Paris, no final do ano, estavam o exército e a polícia nas ruas de metralhadoras e tudo… WOWO A little bit too much for Europe though.

    Resposta
    • março 21, 2011 em 2:12 pm
      Permalink

      Melissa…adoramos os museus. Gostei muito do Museu de Londres (além de ter entrada gratuíta 🙂 ) acho interessante saber um pouco mais sobre a história da cidade. Fomos mais no Museu Britânico (que estava lotado por sinal) e no Madame Tussauds (o que não acho muito um museu, mas a Ana Julia amou!). Vou fazer uns posts contando onde passeamos. Os parks também visitamos….lindos por sinal. E sabe que também, no aeroporto inclusive, nas ruas de Londres havia muitos policiais com metralhadoras. Abraços,

      Resposta
  • março 21, 2011 em 5:02 pm
    Permalink

    Oi Aninha,
    Também adorei Londres, pra icar melhor só se não chovesse tanto, mas de chuva nós jaraguaenses entendemos…hehehehehehe
    beijos na filhota linda !
    Marisa

    Resposta
    • março 22, 2011 em 8:16 am
      Permalink

      oi Marisa….a gente teve sorte que só um dia choveu. Mas a neblina foi forte. :/ E no dia que voltamos, saiu um sol lindo!!! hahah
      Beijos,

      Resposta
  • março 21, 2011 em 5:46 pm
    Permalink

    Oi Ana, adorei a sua descrição. De fato uma bela experiência… rsrsrs. Fiquei curiosa com os carrinhos que vendem sorvetes. Pareceu bem interessante. São muitos? Digo, é comum vc encontrar um destes? Beijo, Edina

    Resposta
    • março 22, 2011 em 8:19 am
      Permalink

      Oi Edina, nem me fale na experiência…hahah acho que vou dar consultoria de como passar por policiais nos aeroportos ! 🙂 Os carrinhos de sorvete eu vi mais de um e este da foto era no Museu Britânico. Pelo que percebi é meio comum ter um carrinho destes. Eles vendem sorvetes, balas, lanches, bebidas. Eu adorei. Eles são muito fofos, todos neste mesmo estilo. Beijos,

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *