Visitando a Fábrica de chocolate Camille Bloch, na Suíça

Eu sou chocólatra assumida e por conta disso, visitar fábricas de chocolate é um passeio que me agrada muito. E Camille Bloch entrou na nossa lista de mais uma fábrica visitada aqui na Suíça.
Poucos conhecem os chocolates desta marca, mas eles são os meus preferidos. Entre eles, o Torino e o Ragusa (os principais produzidos por eles) são maravilhosos, na minha opinião. Meus clientes de tour já conhecem o Ragusa, porque eu sempre entrego para eles no final dos passeios. 



Um pouco sobre a história da Camille Bloch:
A fábrica, que leva o nome de seu fundador (Camille Bloch) deu início às suas atividades em 1929, na cidade de Berna. Em 1935, mudou para a cidade de Courtelary, na parte francesa perto de Biel/Bienne. 
Foi durante a Segunda Guerra Mundial que surgiu um dos chocolates da marca, o Ragusa. O Ragusa foi criado porque tiveram a ideia de substituir o cacau (por causa do aumento do preço das matérias-primas e sua escassez, devido à guerra) por uma pasta feita de avelã e vender em embalagens de 50 gramas e não em barras de 100 gramas. 

Em 1948, a Camille Bloch, começou a produzir  o Torino, que permanece até hoje, com Ragusa, o principal produto da marca.


O que ver na visita na Camille Bloch:

Le Parcours Dévoucerte: este espaço mostra os principais momentos significativos da história da empresa, vistos e explicados dentro do contexto histórico e econômico, desde quando a empresa foi fundada em 1929 até os dias de hoje.

Uma jornada  pontuada por filmes, demonstrações e experiências interativas únicas para os sentidos, com direito a degustação.

Degustação

 

Um cineminha no final do tour.

L’atelier: local para os workshops onde podemos fazer nossos próprios chocolates (para adultos e crianças). São workshops que demoram em torno de 1 a 2 horas. Depende qual você escolher fazer e as opções são:

  • Choconnut: Uma introdução para entender os fundamentos da produção de chocolate. Cada participante sairá com um Ragusa personalizado de 150g. Duração de 1 hora.
  • Torino: Uma experiência  para ganhar conhecimento técnico, aprender as dicas e truques e o que é necessário para fazer um delicioso chocolate. Cada participante sairá com sua criação de Torino 350g e o avental de trabalho. Duração de 2 horas.
  • Ragusa: mesma coisa que o Torino, porém cada participante sairá com 2 chocolates de 150g (cada), um Ragusa tradicional e um personalizado, e avental.

Informações sobre os Ateliers:
– estão disponíveis para adultos e crianças a partir de 10 anos.
– o curso é ministrado na língua mais falada pelos participantes (francês, alemão ou inglês). Os passos importantes são traduzidos no segundo idioma mais falado pelos integrantes da turma.

 Atelier de Aniversário para crianças: Existe alguma criança que não tenha sonhado em comemorar seu aniversário em uma fábrica de chocolate? Aqui é possível realizar este sonho. Em três horas, cada criança produzirá seus próprios 150g de Ragusa. As comemorações também dão direito a fondue de chocolate. Após o workshop e fondue, há uma visita gratuita no Le Parcours Dévoucerte.

Este pacote está disponível para crianças entre 6 e  16 anos (máximo 12 crianças). É obrigatório que um adulto esteja presente para cada quatro crianças.

Mais informações sobre os ateliers, clique aqui.

Além disso tem a cafeteria, a loja com os produtos da marca e um parquinho nos fundos do prédio da visita. Lugar para se divertir, não vai faltar. 

A loja
O parquinho nos fundos do prédio.

 


Como chegar na fábrica da Camille Bloch:
De carro: a partir de Berna o tempo de deslocamento é de 1 hora. Há estacionamento gratuito.
O endereço da fábrica é: Grand-Rue 21 – 2608 Courtelary
De trem: ir até a cidade de Courtelary. A partir da estação são 5 minutos de caminhada.

Horário de funcionamento:
Visitação é aberta de terça a domingo, das 10h às 18h. Último horário de entrada na visita é às 17h.
Nos feriados a visitação funciona também às segundas. 
Dia 24 de dezembro e 31 de dezembro: das 10h às 16h.
As visitas não acontecem nos dias 25 e 26 de dezembro e 1 e 2 de janeiro.


Valores dos tickets:
Adultos: 15CHF
Crianças entre 6 e 16 anos: 8CHF
Ticket família: 36CHF (podendo ser: 2 adultos e 1 criança ou 2 adultos e 2 crianças ou 1 adulto e 3 crianças).

Os valores para as demais atividades (atelier, festa de aniversário), clique aqui para ver. Neste link também é possível comprar online os Tickets para visitação.

Para acessar o site da Camille Bloch, clique aqui.

Aqui um vídeo do nosso passeio:

*********************************************

Quer saber mais sobre a Suíça? Então dá uma olhada nestes artigos aí:

Natal na Suíça
Bremgarten, o maior mercado de natal
Mercado de Natal de Zurique
Mercado de Natal de Lucerna
Mercado de Natal de Montreux
Mercado de Natal da Basileia
Illuminarium, show de som e luzes em Zurique

Informações sobre o aeroporto de Zurique e os trens na Suíça:
Chegando no aeroporto de Zurique
Como ir do aeroporto para o centro de Zurique
Tudo sobre viajar de trens na Suíça: dicas de como usar e aproveitar o seu passeio

Aqui você também vai encontrar outros lugares para conhecer na Suíça:
Gruyères, um vilarejo medieval no meio de um vale lindo

Um pouco sobre a fábrica de chocolate em Broc e a fábrica de queijos, em Gruyères
Maison Cailler e Maison du Gruyères

Conhecendo os Alpes de outro ângulo
Passeio de Balão na Suíça 

Para quem gosta de chocolate:
5 Fábricas de Chocolates para visitar na Suíça

Para quem quer atrações para crianças:
Fábrica de Biscoitos Kambly
Swissminiatur, a Suíça em miniatura
Museu dos Transportes
Juckerhof – Uma fazenda de abóboras perto de Zurique
Passeando de bicicleta pela Suíça
Starbie – um parque indoor para crianças – Suíça
Formel Fun parque indoor – Suíça
Knie, o Circo Nacional Suíço
Castelo de Lenzburg
Kindercity – um espaço divertido
Parque Atzmännig

Museus divertidos e interativos:
Museu Nacional Suíço – Zurique
Nest, o Museu da Nestlé em Vevey
Museu da Fifa – Zurique
Conhecendo o Museu do Chaplin, em Vevey
Museu Tecnorama

Parques aquáticos:
Parque Aquático Aquabasilea
Parque Aquático Alpamare – Freienbach/Pfäffikon

Para curtir o inverno:
Jungfrauhoch – o topo da Europa fica na Suíça
Dicas e informações sobre aulas de esqui na Suíça
Conheça Schilthorn, a montanha do 007 na Suíça –
Monte Titlis
Piscina Termal nos Alpes Suíços

Conhecer os lagos lindos da Suíça:
Lago Causa – Caumasee
Blausee

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram

*************************************************************
Se você quer conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu passeio, saiba que eu posso te ajudar a tornar sua viagem fácil e prazerosa de fazer. 
Temos uma equipe de guias para acompanhar você em seus passeios ou, se preferir, posso fazer o seu roteiro. 
Basta clicar aqui abaixo, para mais informações:
Eu quero um tour com guia brasileiro
Eu quero um roteiro personalizado

 
Tudo muito prático e sem dor de cabeça!! Entre em contato e faça um orçamento.

Dica de viagem:
Para reserva de hotel, eu recomendo o Booking.com , pois sempre reservo por ele e tem muitas opções com preços variados.

Quem deseja alugar um carro, o site da rentcars mostra as opções de várias locadoras. Assim, você pode escolher o preço e o modelo que melhor desejar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.