O que fazer em Fribourg, na Suíça: dicas de passeios em um dia na cidade

Em mais um Experience pela Suíça, desta vez fomos passear em Fribourg (Friburgo), na parte francesa do país. Para quem ainda não conhece, o Experience é um projeto (idealizado pela Juliana do blog Eu Ando Pelo Mundo e pela Monique, do blog Me Joguei no Mundo) que tem por objetivo mostrar os lugares maravilhosos da Suíça.

No passeio em Fribourg eu estava acompanhada de minhas parceiras e blogueiras Janaina (Descobrindo a Suíça), Renata (As Viagens da Re), Ester (Esterzinha na Suíça Adventures)  e da fotógrafa Laurentina (Fotógrafa na Suíça). Juntas fomos visitar cidade e mostramos sempre tudo nas nossas redes sociais.

Da esquerda para a direita: Jana, eu, Ester e Renata.


Um pouco sobre a história de Fribourg com o Brasil

Vocês sabiam que muitos suíços que moravam em Fribourg foram embora para o Brasil, há 200 anos atrás? Isso mesmo, milhares de suíços abandonaram sua Terra natal em busca de melhores condições de vida. Numa época que a Suíça passou por uma grande crise financeira e houve perda das colheitas, a fome se instalou no país. Foi então que, no século 19, suíços buscaram outro país para viver e encontraram no Brasil um local para mudar de vida. E foi por eles que a cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, foi fundada.

O que visitar em Fribourg

O nosso Experience começou com uma parada na estátua similar ao Cristo Redentor, e que foi feita para homenagear os 200 anos da ida dos suíços para o Brasil (justamente como contei logo acima). Este foi um momento de matar as saudades do nosso país.

Depois, aproveitamos para ir até a loja da Villars. A Villars é uma fabrica de chocolates da cidade e que produz maravilhas. Eles não possuem visitas na fábrica, mas na loja deles a gente encontra muitas opções deste doce maravilhoso e ainda podemos tomar um café ou chocolate quente. Vale a pena dar uma passada lá!
A loja está aberta de segunda à sexta, das 8h30min às 17h30min. Aos sábados, das 8h30min às 12h30min. Entre os meses de julho e agosto, os horários são: de segunda à sexta, das 8h às 17h. Aos sábados, das 8h30min às 12h30min

No centro antigo a gente encontra a Catedral de Fribourg, a St. Nicholas Cathedral. A construção da catedral foi entre 1283 e 1490 e a arquitetura do prédio é toda em estilo gótico. A entrada da igreja é adornada em baixo relevo e representa o juízo final. A torre, que tem 74 metros, não foi concluída e segundo histórias, foi porque não havia dinheiro sobrando na época que foi construída. Nesta torre é possível subi os 365 degraus e ter uma vista de toda a cidade (somente entre abril e outubro é possível subir na torre).

O valor para subir na torre é de:
Adulto: 4CHF
Criança: 1 CHF

A catedral também oferece áudio guia para saber sobre todos os detalhes do lugar. O áudio guia também somente é oferecido entre abril e outubro. O valor do áudio é de 2CHF e é oferecido nas seguintes línguas: inglês, francês, alemão, italiano e espanhol.
Os horários de subida na torre e do áudio guia são:
De segunda à sábado, das 10h às 17h. E aos domingos e feriados, das 13h às 17h.

Próximo da catedral está o Museu Gutenberg. Ele é um museu muito interessante, pois conta a história da comunicação e da industria gráfica suíça. Lá estão expostas obras de quando a escrita e os livros começaram a ser usados no país e na Europa. Uma riqueza em material que mostra escritas de Martinho Lutero, durante a Reforma Protestante. Bonecos de cera, em tamanho real, e impressoras de várias épocas ilustram de maneira impressionante a indústria gráfica.

Os museu funciona nos seguintes dias:
Quartas feiras: das 11h às 18h  
Quintas feiras: das 11h às 20h 
Sextas feiras: das 11h às 18h 
Sábados: das 11h às 18h 
Domingos: das 10h às 17h
Fechado às segundas feiras e terças feiras.

Os valores dos ingressos são:
Adultos: 10CHF
Família com crianças: 22CHF
Crianças até 5 anos: entrada gratuita.

Da janela do museu a gente consegue ver a Ponte Poya, inaugurada em 2014.  é um marco para arquitetura contemporânea. Com uma dimensão de 196 metros, ela é a maior ponte suspensa da Suíça.

Ponte Poya

Quando terminamos a visita no Museu Gutenberg, seguimos para a parte baixa da cidade. Uma característica desta região de Fribourg é justamente o curso do rio Sarine ser em foram de U, num vale que guarda muitas recordações da era medieval, com pontes que fazem parte da história da cidade.

Uma das pontes que visitamos foi a Ponte de Berna. Esta foi a primeira ponte da cidade e a única coberta. Ela é toda feita em madeira e sua construção é do século 13. Dela a gente consegue ver a primeira muralha que protegia Fribourg.

A gente chegando na Ponte de Berna

Vista que temos da Ponte de Berna

Assim como a Ponte de Berna, a Ponte du Milieu também foi construída em meados do século 13, quase cem anos após a fundação da cidade. A construção original da Ponte du Milieu era de madeira. Mas em 1720 ela foi substituída por uma de pedras com quarto arcos.

Ponte du Milieu
Vista que temos da parte da alta, na Ponte du Milieu
Nós na Ponte du Milieu

Finalizamos a visita em Fribourg na Ponte Zähringen (em homenagem à família de Zähringen que fundou a cidade, em 1157). Esta ponte foi construída em 1924, substituindo a Grande Ponte Suspensa, que ficava no mesmo local desde 1834. Na parte alta e baixa da ponte é possível circular de carro.

Ponte Zähringen
Parte de baixo da Ponte Zähringen
Ponte Zähringen

Fribourg é realmente fascinante! Vale a pena se perder pelas ruelas da cidade! Uma paisagem de tirar o fôlego!

*************************************************************

Dica para aproveitar Fribourg

Uma das coisas que facilitou muito nossa visita em Fribourg, foi usar o Fribourg City Card.

Mas o que é o Fribourg City Card?
É um cartão que dá grandes vantagens ao visitar a cidade. Ele possibilita visitar atrações turísticas durante 1 ou 2 dias e você ainda economiza dinheiro.

Algumas das vantagens do cartão são:  Definitivamente vale a pena comprar o cartão!
– acesso livre na zona 10 de transporte da cidade (onde estão todas as atrações turísticas);
– acesso ilimitado ao Funicular (que liga a parte baixa à parte alta);
– acesso gratuito ao trenzinho turístico que circula por Fribourg (de abril a outubro);
– passeio mini trem do Chemin de fer du Gottéron (somente no verão);
– entrada para a torre da catedral (de abril a outubro)
– entrada na piscina Motta (de maio a setembro)
– entrada no Museu de Arte e História;
– entrada no Museu Gutenberg;
– entrada no Chemins de fer du Kaeserberg
– entrada no Museu Suíço de Fantoches

Entre os locais que vendem o cartão estão:
– o escritório de turismo da cidade e da região de Fribourg (na Place Jean Tinguely 1, próximo da estação central da cidade);
– Museu Gutenberg.

Os valores do cartão mudam de acordo com a época do ano:
No verão (de 1 de abril até 31 de outubro):
Para 1 Dia:  20CHF para adultos e 8CHF para crianças entre 6 e 16 anos
Para 2 Dias: 30CHF para adultos e 12CHF para crianças entre 6 e 16 anos

No inverno (de 1 de novembro até 31 de março):
Para 1 Dia:  15CHF para adultos e 5CHF para crianças entre 6 e 16 anos
Para 2 Dias: 25CHF para adultos e 10CHF para crianças entre 6 e 16 anos

*************************************************************

Participaram do #experiencefribourg

Realização: Ana Luiza de Souza (Pelo Mundo Blog)
As Blogueiras – Janaina (Descobrindo a Suíça) , Renata (As Viagens da Re), Ester (Esterzinha na Suíça Adventures)
Fotos – Laurentina Leal (Fotógrafa na Suíça)
Apoio: Fribourg Tourisme Chocolates Villars.

Veja o que rolou no evento também, através da Hashtag #experiencefribourg no Instagram e Facebook.

*************************************************************
Se quiser saber como foram os outros Experiences, veja os artigos abaixo:
#ExperienceVevey, clique no post Um dia em Vevey
#ExperienceTitlis, clique no post Desbravando o Monte Titlis
#ExperienceSchilthorn, clique no postConheça Schilthorn, a montanha do 007 na Suíça
#ExperiencePilatus, clique no post Tudo sobre o Monte Pilatus e o passeio da Rota Dourada
#ExperienceStoos, clique no post Stoos: alpes suíços, hotel Spa e funicular mais íngreme do mundo
#ExperienceCardada, clique no post Monte Cardada Cimetta, a pérola da parte italiana da Suíca 
#ExperienceStGallen, clique no post St Gallen, o que visitar na cidade e um pouco da maior feira da região

*************************************************************

Quer saber mais sobre a Suíça? Então dá uma olhada nestes artigos aí:

Informações sobre o aeroporto de Zurique e os trens na Suíça:
Chegando no aeroporto de Zurique
Tudo sobre viajar de trens na Suíça: dicas de como usar e aproveitar o seu passeio

Aqui você também vai encontrar outros lugares para conhecer na Suíça:
Gruyères, um vilarejo medieval no meio de um vale lindo

Um pouco sobre a fábrica de chocolate em Broc e a fábrica de queijos, em Gruyères
Maison Cailler e Maison du Gruyères

Conhecendo os Alpes de outro ângulo
Passeio de Balão na Suíça 

Para quem gosta de chocolate:
5 Fábricas de Chocolates para visitar na Suíça

Para quem quer atrações para crianças:
Fábrica de Biscoitos Kambly
Swissminiatur, a Suíça em miniatura
Museu dos Transportes
Juckerhof – Uma fazenda de abóboras perto de Zurique
Passeando de bicicleta pela Suíça
Starbie – um parque indoor para crianças – Suíça
Formel Fun parque indoor – Suíça
Knie, o Circo Nacional Suíço
Castelo de Lenzburg
Kindercity – um espaço divertido
Parque Atzmännig

Museus divertidos e interativos:
Museu Nacional Suíço – Zurique
Nest, o Museu da Nestlé em Vevey
Museu da Fifa – Zurique
Conhecendo o Museu do Chaplin, em Vevey
Museu Tecnorama

Parques aquáticos:
Parque Aquático Aquabasilea
Parque Aquático Alpamare – Freienbach/Pfäffikon

Para curtir o inverno:
Jungfrauhoch – o topo da Europa fica na Suíça
Dicas e informações sobre aulas de esqui na Suíça
Conheça Schilthorn, a montanha do 007 na Suíça –
Monte Titlis
Piscina Termal nos Alpes Suíços

Conhecer os lagos lindos da Suíça:
Lago Causa – Caumasee
Blausee
Oeschinensee, um dos lagos mais lindos da Suíça 

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Instagram
YouTube

*************************************************************
Se você quer conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu passeio, saiba que eu posso te ajudar a tornar sua viagem fácil e prazerosa de fazer.
Posso fazer seu roteiro e te ajudar a escolher hotéis, dando todo o suporte de planejamento para sua viagem.

Ou se preferir, temos uma equipe de guias de turismo que podem te acompanhar e te levar aos locais que deseja conhecer.

Tudo muito prático e sem dor de cabeça!! Entre em contato comigo e faça um orçamento. Pode ser através das redes sociais acima ou pelo email: contatopelomundoblog@gmail.com

Para reserva de hotel, eu recomendo o Booking.com , pois sempre reservo por ele e tem muitas opções com preços variados.

Quem deseja alugar um carro, o site da rentcars mostra as opções de várias locadoras. Assim, você pode escolher o preço e o modelo que melhor desejar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *