Tudo sobre a Legoland na Alemanha – o parque do Lego.

Ana Julia de férias de primavera (para saber mais sobre férias escolares na Suíça, clique aqui) e a gente foi passar uns dias na Legoland, na Alemanha. O parque fica pertinho da nossa casa, em torno de 3 horas de viagem de carro. Fomos na quarta e voltamos no sábado e ficamos hospedados na Legoland mesmo.

Hospedagem:
Nós ficamos hospedados de quarta até sábado. A hospedagem dava direito a café da manhã e entradas para dois dias de parque para nós 4 (por causa do tempo de hospedagem).
São diferentes tipos de hospedagem que a Legoland oferece. Desde hotel, cabanas e até camping.

Cabanas: Nós ficamos nas cabanas e elas são temáticas. Quando você faz a reserva das cabanas, pode informar quais os temas que você deseja ficar: Piratas, Aventura, Cavaleiros (Knights), Corrida ou Egito. Você escolhe 3 temas de sua preferência e eles definem em qual você irá se hospedar. Eu coloquei em primeiro lugar o Cavaleiros (Knights), por ser um tema neutro e servir para a Ana Julia e o Lukas. E foi neste que ficamos.
No interior da cabana tem a cama de casal, um quarto para as crianças (com beliche) e um banheiro. Não é espaçosa, mas se você tiver uma mala grande e outra pequena é possível arrumar lugar para colocá-las no quarto.
Entre as cabanas existem parquinhos (de acordo com o tema também) onde as crianças podem brincar.

Hotéis: tem o hotel dos castelos e da ilha do Pirata (inaugurado recentemente). Os quartos tem um pouco mais de espaço e são temáticos, como os das cabanas. O preços dos hotéis são mais caros que os das cabanas.

Camping: aqui eles oferecem o barril e o espaço para você ir com seu motorhome ou sua barraca. Em ambos os banheiros são coletivos. No barril você tem as camas para até 4 pessoas.

Todos os quartos (de qualquer tipo de hospedagem, menos do Camping) possuem uma caixa de Lego para as crianças brincarem.

As cabanas.
Um dos hotéis do castelo, o camping e o tubo de camping.
Nosso quarto.

Quem está nos hotéis da Legoland também pode aproveitar e brincar num espaço onde tem brinquedos num parquinho com areia e um local para fazer arvorismo e rapel numa parede. Além de um circuito com carrinho e triciclos que ficam à disposição dos pequenos. O rapel e o arvorismo tem um custo.

Rapel:
–  15 minutos: 5€.

Arvorismo (chamado de Hochseilgarten): o circuito chega a 300 metros de altura e demora em torno de 2 horas para completá-lo. Criancas até 14 anos precisam estar acompanhadas de um adulto. Isto é, o pai ou a mãe (ou outro responsável) precisa ir junto na brincadeira.
– crianças entre 4 e 7 anos: 12€
– crianças entre 8 e 14 anos: 18€
–  adultos a partir de 15 anos: 22€
– ticket família (2 adultos e 2 crianças): 65€
– ticket família (2 adultos e 3 crianças): 70€

O rapel e o arvorismo funcionam de março a novembro.

O rapel e o arvorismo. A Ana Julia resolveu testar todos (inclusive se eu sou cardíaca).

Restaurantes:
Nós fomos em 2 restaurantes que ficam na área do Legoland Resort (onde estão os hotéis e camping). Um deles a gente jantou no dia que chegamos, que foi o Königsburg (no castelo). Esse era o Restaurant Zu Tafelrunde e lá o cardápio é à la carte e, se não fez reserva de mesa, pode esperar (dentro do castelo, claro) até aparecer um lugar vago. Quando nós fomos, esperamos 30 minutos por uma mesa. Mas em alta temporada (julho/agosto), sugiro reservarem antes.

O outro restaurante nós pagamos no momento da reserva do hotel. Esse era o

, que é um restaurante que serve buffet, com muitas variedades de comidas, saladas e sobremesas. Bebidas como refrigerantes e água estão incluídas no valor. Você precisa pagar separadamente alguma bebida alcoólica que queira consumir.

A comida estava muito boa em ambos os restaurantes.

A decoração no saguão do hotel Königsburg: local de espera para o restaurante Zu Tafelrunde.
A comida (deliciosa), o banheiro (com local para trocar fraldas) e as pinturas para as crianças (enquanto a comida não fica pronta).

 

No Dschungel Buffet Restaurant: todas as manhãs vinha o boneco do Lego, dar bom dia para as crianças e tirar fotos.

O parque:
Quem se hospeda na Legoland (Legoland Resorts) tem acesso diferenciado no parque. É um portão menor, que liga o espaço dos hotéis até o parque. Até chegar nele, nós caminhamos por uma pequena floresta.

O portão de entrada para quem se hospeda na Legoland.
Encontramos algumas “figuras” pelo caminho, do hotel até o parque.

Sobre o parque, nós e as crianças adoramos. Estando o Lukas com 2 anos e a Ana Julia com 9 anos, a gente achou que seria difícil arrumar entretenimento que agradece aos dois na Legoland. Claro que para o Lukas tinham menos atrações. Mas nem por isso ele deixou de aproveitar. Como em muitos parques, a entrada nos brinquedos é controlada pela altura e/ou idade da criança, se ela pode ir sozinha ou se tem que ir acompanhada por um adulto. Esse controle é informado na entrada dos brinquedos.
O lugar é realmente todo pensado para as crianças e famílias. Banheiros com trocador e lenços umedecidos (além de banheiro para meninos e meninas). Tem também um local que a Hipp (empresa que fabrica desde alimentos até lenços umedecidos para crianças) patrocina e é possível ter acesso a toda a linha de produtos que eles vendem (o nome do lugar é HiPP Baby Service). Lá tem espaço para amamentação e os pais e mães podem ficar enquanto os filhos maiores aproveitam o parque.

Cada espaço temático da Legoland possui um restaurante ou um café. Estes locais temáticos são:
– Ninjago World: é onde mostra os personagens do Ninjago e a atração do local é um trenzinho onde você vai lutando como se fosse um deles.

– Miniland: são as miniaturas de cidades, prédios famosos de vários países, como Itália, Suíça, Holanda, Alemanha, além de personagens do filme Star Wars.

Miniaturas de vários pontos turísticos do mundo todo. A Suíça foi representada por Lucerna e Schilthorn.

– Lego City: tem um trenzinho que circula pelo parque, um brinquedo do Ninjago (daqueles que voam e me arrepia só de ver), tem a Fabrik (uma fábrica de Lego), tem brinquedo de avião e barco e escola de direção.

– Imagination: tem um parquinho para os pequenos, em formado do lego duplo, a torre onde é possível subir e ver todo o parque, tem uma galeria de jogadores famosos de futebol e outros brinquedos legais.

Em cima: o espaço do Lego Duplo.
Embaixo: a vista do parque que se tem do alto da torre.

– Lego X-Treme: aqui estão alguns dos brinquedos mais radicais. Tem uma montanha russa que é possível usar os óculos de realidade virtual, tem um brinquedo parecido com um barco e que gira (dentro da água), tem o cinema em 4D, o aquário Sea Life, o lego academia que é para os maiores brincarem com matemática e robôs, tem o chafariz com os instrumentos musicais.

– Land der Ritter (terra do cavaleiro): aqui também tem montanha russa (e são duas); tem um brinquedo indicado para os pequenos, mas que achei horrível porque gira rápido demais e anda “de costas”;  tem um mais calma que são uns cavalinhos.

– Land der Abenteuer (terra da aventura): aqui, por incrível que pareça eu fui num dos mais radicais (pelo menos para mim). Foi um barco que desce e cai na água. Para os dias que não estão muito quentes, eles vendem capas de chuva e a gente pode aproveitar e brincar! Nesta parte tem também os jeeps que fazem um circuito de safari (que o Lukas amou) e tem um outro barquinho, bem lento e calmo para os menores. Pena que não tenho foto do barco para provar que fui. Mas eu fui de verdade, mesmo!!
Outro brinquedo legal é o templo dos faraós, onde acontece uma caça ao tesouro.

Em cima: o barco que eu fui. Mas não estou nesta foto. (Foto: Legoland Deutschland)
Embaixo: o Safari que o Lukas amou e andou mil vezes.
Templo do Faraó

– Land der Piraten (terra do pirata): este por o local que menos brincamos. Eu não gostei do barco que tem nele, porque gira demais e eu fico enjoada (mais do que eu sou). A Ana Julia não achou muita graça e a gente nem entrou. O outro brinquedo eram barcos nas águas que “lutavam” através de canhões de água com outros barcos que tem por lá. Mas esta atração não abriu nos dias que a gente ficou no parque. O que mais a gente aproveitou foi um parquinho com um barco (de pirata, claro) e foi no último dia, no final do dia.

Foto: Legoland Deutschland

Todas as atrações do parque (brinquedos) fecham 1 hora antes do parque fechar. O que fica aberto neste tempo são as lojas, os parquinhos e alguns restaurantes/cafés. Por falar em locais para comer, existem muitos e sempre próximos das atrações.

E legos, muitos legos e figuras de legos por todas as partes.

Tem muitos parquinhos espalhados pela Legoland.
Eu fico impressionada com o que conseguem montar com os legos. Eu mal consigo montar uma casinha.

Para acessar o site  da Legoland, clique aqui.  

*************************************************************
Aqui você vai encontrar também outros lugares para conhecer na Alemanha:

Para curtir os dias quentes:
Mainau, a ilha das flores

Para quem quer atrações para crianças:
Parque do Playmobil
Parque Spieleland
Aquário Sea Life

Museus e lugares espetaculares:
Castelo de Neuschwanstein e Museu dos Reis da Baviera
Mundo BMW e Parque Olímpico, em Munique
Museu da Porsche e da Mercedes

Um lugar para pensar:
Campo de Concentração em Dachau

Sobre vida sustentável:
Reciclagem de garrafas

Cidades lindas:
Heidelberg
Hannover
Mainz
Möhnesee e Soest
Konstanz
Frankfurt

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Twitter
Google +
Instagram

*************************************************************
Se você quer conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu passeio, saiba que eu posso te ajudar a tornar sua viagem fácil e prazerosa de fazer. Posso fazer seu roteiro, te ajudar a escolher hotéis e até te acompanhar e te levar aos locais que deseja conhecer. Tudo muito prático e sem dor de cabeça!! Entre em contato comigo e faça um orçamento. Pode ser através das redes sociais acima ou pelo email: contatopelomundoblog@gmail.com

Para reserva de hotel, eu recomendo o Booking.com , pois sempre reservo por ele e tem muitas opções com preços variados.

Quem deseja alugar um carro, o site da rentcars mostra as opções de várias locadoras. Assim, você pode escolher o preço e o modelo que melhor desejar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *