Caumasee, um dos mais belos lagos dos alpes suíços

Olha….a Suíça tem paisagens de babar. O Lago Cauma (em alemão, Caumasee) estava na minha lista há tempos. No verão passado a gente aproveitou um fim de semana que teve sol e fomos até lá.

O Lago Cauma é um dos muitos lagos daqui que fica entre as montanhas. Então você já pode imaginar a temperatura da água, né? No dia que nós fomos, estava um calor de 36ºC.  Só que a água estava com temperatura de 20°C. E te pergunto: cadê a coragem de entrar no Lago? Deixei ela em casa e só fui para tirar foto, mesmo. Marido e filhos foram os que aproveitaram e se molharam bastante.

A água bem clarinha.

Mas o lugar encanta mesmo é pelo azul turquesa da cor da água. No meio do lago tem uma pequena ilha onde tem um escorregador que te faz deslizar para cair no Cauma.

Lá eles alugam barquinhos e pedalinhos para fazer um passeio no lago. O preço era de 8 francos para 30 minutos e 15 francos para 1 hora. Nós andamos de pedalinho e ainda bem que o marido escolheu apenas 30 minutos. Sabe aquele momento de tensão, eu segurando o Lukas com toda a força, morrendo de medo que ele caísse na água. Ele estava molhado e eu achava que ele iria escorregar dos meus braços. E olha que eu e marido sabemos nadar. Mas a doideira de mãe falou mais alto. Com a Ana Julia, minha preocupação era ela ficar muito longe do pedalinho. Ela sabe nadar e estava de colete (que tem também disponível no pier onde alugamos o pedalinho). Mas enfim….só sei que eu andei com o Lukas no colo, ele mamando e eu morrendo de medo dele cair na água. Enquanto isso, marido pedalava e a Ana Julia andava para lá e para cá no bendito pedalinho, querendo pular logo no lago. Descobri nesta hora que não tenho mais sangue frio para isso. Acho que a maternidade me transformou numa medrosa! Tirando isso, foi legal. Só que eu não via a hora da gente voltar para a terra firme. E minha sorte foi que escolhemos andar somente por 30 minutos. E foram os 30 minutos mais longos da minha vida!

O pier onde alugam os pedalinhos e barquinhos.

À beira do lago também tem um bar/restaurante. Mas foi impossível encontrar um lugar para sentar neste dia. Estava super lotado. Ainda bem que levamos nossas comidas para um picnic. Na verdade, eu sempre levo uma “quentinha” de casa. Vai que bate a fome nas crianças (e em nós também), já temos a solução do problema. Aliás, super normal levar comidas para fazer um picnic num lugar como este. A maioria das pessoas que estavam lá fizeram isso, pois com o dia super quente, achar um lugar para sentar no restaurante é bem difícil.

Como chegar lá:
Como falei no início do post, fomos num dia de sol. Deixamos o carro num estacionamento a uma distância de quase 2 km do Lago. Não tinha vaga no estacionamento mais perto de lá. Mas na ida tudo era lindo, tudo era novidade e a gente nem sentiu a distância. E para descer até o Lago, era ladeira abaixo. O tempo de caminhada pela floresta é em torno de 10 minutos. Se você quiser, pode pegar o funicular até a entrada do Lago. Na volta, depois de se esbaldar na água, nós voltamos caminhando ladeira acima. A fila para pegar o funicular para subir estava enorme!! A subida foi cansativa, mas sobrevivemos.

Pelas ruas de Flims.

As placas indicando o lago, o estacionamento e a parada de ônibus.
No meio da floresta, a caminho do lago.
No caminho para o lago.
Logo alí é a entrada para o funicular.
Descendo pelo funicular.

Dicas: Então, se você for com filhos e carrinho de bebê, cuide a fila para o funicular. Se ela estiver muito grande, sugiro esperar. Dependendo do seu cansaço, vale a pena!!!
Vale também chegar mais cedo se o dia estiver quente. Assim as chances de você encontrar um estacionamento mais perto é maior.

Informações sobre o Caumasee:
O lago fica na cidade de Flims, no cantão de Graubünden, onde a língua falada é o romanche (apenas 1% da população na Suíça fala romanche). Flims não tem estação de trem. Mas próximo do lago tem uma parada de ônibus e estacionamentos.

Valor da entrada:
Adultos: 12 francos
Crianças de 6 a 16 anos: 6 francos
Crianças de 0 a 5 anos: não pagam.

Para quem for de trem/ônibus:
Se você está em Zurique, pegue um trem em direção a Chur. Na estação de Chur você precisa ir até a parada Chur, Postautostation (fica do lado da estação de trem), onde você pegará o ônibus de numero 81, direção Laax GR, Posta. A parada que você deve descer é a Flims Waldhaus, Caumasee. Este trajeto, de Zurique até a parada de ônibus do lago, fica em torno de 2 horas.
A partir da parada de ônibus, basta seguir as placas que indicam o caminho para o lago.

Para você ter noção do caminho pela floresta até chegar no lago.

Para quem for de carro:
Nós estacionamos no Parkhaus Talstation (Via Stenna, 7017 Flims), pois o estacionamento perto do lago (perto da floresta) estava cheio.
Este estacionamento perto da floresta fica na Via Dil Lag e se estende pela Via Selva.

Este foi o trajeto que fizemos do estacionamento até o começo da floresta.
Aqui nesta rua tinham muitos carros estacionados. Lotado!
Este é outro estacionamento, mais perto da floresta.

Tem também opção de estacionamento próximo da parada de ônibus. Fica na Rudi Dadens 1 e na Rudi Dado 8. Os dois funcionam com moedas.

As outras duas opções de estacionamento.

 

*************************************************************
Se você tem mais interesse em saber sobre passeios pela Suíça, veja os posts abaixo:

Maison Cailler e Maison du Gruyère
Monte Pilatus
Museu dos Transportes
Lago de Weesen
Passeio de barco em Zurique
A fantástica fábrica de chocolate: Lindt!!
Kindercity – um espaço divertido
Museu Ballenberg
Chocolat Frey
Museu Tecnorama
Stanserhorn
Parque Atzmännig
Museu Tecnorama
Fábrica de chocolate suíço: Maestrani

*************************************************************
Se você quer conhecer a Suíça e não sabe por onde começar o seu passeio, saiba que eu posso te ajudar a tornar sua viagem fácil e prazerosa de fazer. Posso fazer seu roteiro, te ajudar a escolher hotéis e até te acompanhar e te levar aos locais que deseja conhecer. Tudo muito prático e sem dor de cabeça!! Entre em contato comigo e faça um orçamento. Pode ser através das redes sociais acima ou pelo email contatopelomundoblog@gmail.com

Para reserva de hotel, eu recomendo o Booking.com , pois sempre reservo por ele e tem muitas opções com preços variados.

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Twitter
Google +
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *