Aniversário de criança na Suíça

No final de março eu preparei mais uma festinha de aniversário para a Ana Julia. Ela fez 7 anos e todo ano eu faço a decoração e comidinhas para comemorarmos.

Até os 3 anos, a gente fazia a festa em casa mesmo. Os amigos convidados eram em sua maioria brasileiros e praticamente todos têm filhos com idade próxima a da Ana Julia.

IMG_7328
Esta foi a festa dos 2 anos (enfeite da porta de entrada).
A tradicional foto da Ana Julia passando o dedo no bolo.
A tradicional foto da Ana Julia passando o dedo no bolo.

Mas como as crianças cresceram, ficou inviável uma festa dentro do apartamento. A não ser que a gente cogitasse a ideia de sermos expulsos do prédio! 😁

Foi então que busquei opções de lugares para alugar. Fiz o aniversário de 4 e o de 5 anos dela, num salão em Turgi (cidade perto de onde moramos). O lugar tinha muito espaço e eu e meu marido levamos também brinquedos para que as crianças pudessem se entreter.

Estes moldes de festas que preparei até a Ana Julia completar 5 anos foram, digamos assim, ao estilo brasileiro. O convite era para os pais e as crianças. Poucos coleguinhas da creche e jardim de infância foram chamados nestes anos. E eu fazia tudo. Desde bolo, doces, cachorro quente, pipoca, decoração…para mais ou menos umas 50 pessoas entre adultos e crianças.

Dava um trabalhão preparar tudo, mas durante a festa, minhas amigas me ajudavam bastante.

Festa de 4 anos no salão, em Turgi.
Festa de 4 anos no salão, em Turgi.
Festa de 5 anos no salão, em Turgi.
Festa de 5 anos no salão, em Turgi.
Festa de 5 anos no salão, em Turgi.
Festa de 5 anos no salão, em Turgi.

E foi quando a Ana Julia estava no segundo ano do jardim que decidi fazer as comemorações somente com as crianças. No maior estilo suíço, passei a convidar somente os coleguinhas de turma. E também a festa tinha horário para começar e terminar. O que se tornou bem mais prático para mim. Continuei tendo a mesma dedicação com a decoração e o menu, mas agora em proporções bem menores.

Para os 6 anos dela eu deixei de alugar o salão enorme em Turgi e escolhi um Spielgruppe (uma espécie de creche) para fazer a festa. Lá as crianças poderiam brincar com os brinquedos que tinha no lugar. Mas como plano B, levei máscaras para elas pintarem e uma amiga, que levou os filhos e ficou para nos ajudar com os pequenos, levou um estojo de maquiagem infantil. Nesta festa foram convidadas 13 crianças. Um número grande se comparado à maioria dos aniversários daqui. O comum é o aniversariante convidar o número de amiguinhos de acordo com a idade. Com 5 anos, 5 amiguinhos. Com 6 anos, 6 amiguinhos…e por aí vai.

Festa de 6 anos no Spielgruppe.
Festa de 6 anos no Spielgruppe.

Se antes a maioria dos convidados era brasileiro, agora havia uma mistura de raças. No jardim de infância da Ana Julia tinha crianças da Croácia, Sérvia, Índia, Japão, Albânia, Kosovo e claro, da Suíça. Por isso, o cardápio da festa foi modificado. Além do cachorro quente, dos chips (snacks industrializados, como o fandangos e baconzitos), eu precisaria oferecer algo light. O comum é ter pimentão e cenoura com um molho, para dar um gostinho. E sim…tem crianças que só comem isso e não querem bolo. Mas como a festa era da minha filha, brigadeiro não poderia faltar. Mesmo sendo ela a única a comer o docinho, já que as outras crianças acham muito doce e não querem nem saber dele.

Eu não falei ainda das bebidas. Bom…refrigerante nem pensar. A gente oferece água, chá gelado e suco. Em algumas festinhas também já vi servirem sirup, que é um xarope concentrado (normalmente com sabor de frutas vermelhas) diluído em água.

Para a festa deste ano, eu aluguei um outro espaço. Foi no Karussel, um centro de integração que fica em Baden. Foram duas salas com brinquedos para que, em duas horas de festa, os pequenos se divertissem. Ah…e duas horas é um horário padrão para as festas. Os pais chegam pontualmente para trazerem seus filhos e voltam, pontualmente também, para buscá-los.

Neste ano eu e o marido não tivemos ideia de brincadeiras para fazer com os convidados. Com Lukas ainda pequeno, faltou tempo para isso. Mas a Ana Julia já foi numa festinha na casa de uma amiguinha que teve caça ao tesouro. Os pais da menina organizaram um mapinha e foram para a floresta com as crianças. No convite eles tinham dito para que os pequenos levassem roupa apropriada para se sujarem.

Outra coisa que também fiz neste ano foi limitar em 9 o número de crianças a serem convidadas. Pela Ana Julia,  ela teria chamado 20!!!!!

Festa de 7 anos no Karussel.
Festa de 7 anos no Karussel.

Mas assim, tem coisas que eu não abro mão. A decoração e os convites são feitos com detalhes, com enfeites. Se fosse seguir o estilo suíço, eu escreveria a mão em uma folha as informações da festa. Ou compraria pronto estes convites vendidos em lojas.

Na hora dos parabéns, cantamos em português, inglês e alemão. E antes de acabar a festa, tem o ritual dos presentes. As crianças sentam ao redor do aniversariante e cada um entrega para ele o presente que trouxe. Assim todos sabem o que ganhou e o dono da festa sabe quem deu.

Aniversário na Creche:
A Ana Julia comemorou 3 aniversários na creche. O nos dois primeiros anos levei bolo para as crianças. Não precisava levar bebidas (assim como no kindergarten e na escola também não). Mas no último aniversario dela, eu pude levar um pão. Isso mesmo. Não era mais permitido levar bolo porque alguns pais reclamaram que era muito doce para as crianças. Que às vezes tinha mais de um aniversário por mês na turminha e isso estava gerando um grande consumo de doce. Eu não acreditei quando a professora da Ana Julia me falou que era para eu levar um pão. Perguntei de novo, porque eu achei que tinha entendido errado. Fiquei pasma, mesmo! Mas enfim…levei um pão de trança, que a Ana Julia adora.  Mas convenhamos né? Comemorar aniversário com um pão no lugar do bolo não é muito legal!
Os pais não eram liberados a participar da festinha. Somente as crianças e as professoras. Então eu deixava com elas a maquina fotográfica para que pudessem registrar. E o presente para o aniversariante era geralmente uma pulseira ou colar feito pela professora, brinquedinhos de plásticos, língua de sogra…tudo muito simples. Nenhum coleguinha levava presente. Os aniversários das crianças, assim como no kindergarten e na escola, nunca são avisados.

Aniversário de 2 anos na creche. Quando ainda podia levar bolo para comemorar.
Aniversário de 2 anos na creche. Quando ainda podia levar bolo para comemorar.
O aniversário de 4 anos já foi com pão e fruta. E alguns smarties perdidos em cima do pão para não dizer que não tinha doce.
O aniversário de 4 anos já foi com pão e fruta. E alguns smarties perdidos em cima do pão para não dizer que não tinha doce. E a cara de choque da Ana Julia.

Aniversário no Kindergarten:
No kindergarten da Ana Julia tinha todo um ritual. A manhã era toda dedicada ao aniversariante do dia. As professoras preparavam uma mesa com o número de velinhas igual à idade da criança.  Nesta mesa também tinha alguns itens para fazer brincadeiras com os coleguinhas. O aniversariante escolhia as brincadeiras, as músicas que seriam cantadas….tudo. Ah…e o destaque para o dono da festa era um colar ou uma coroa. Com toda a turminha sentada em círculo, o aniversariante escolhe um amiguinho para passar por cada um com um pote que tem miçangas, pedrinhas brilhosas. Cada um segura a pedrinha que escolheu, enquanto o aniversariante segura uma caixinha de música que toca “Parabéns à você”. Assim que todas as crianças tiverem em mãos as miçangas/pedrinhas, uma por uma vai até o aniversariante, diz um desejo (“Eu desejo que você ganhe bastante presentes!”, “Eu desejo que você tenha muitos amigos!”) e entrega a miçanga/pedrinha para ele. Estas miçangas/pedrinhas eram coladas em algo (no primeiro ano foi numa borboleta de feltro) ou são usadas para fazer um colar, que a criança leva para casa. Eu achei isso o máximo!! Cada pedrinha significa o desejo de felicidade de um coleguinha. E ela vai levar sempre junto dela!! Nestas horas, de ter que falar o que eu desejava para a Ana Julia (a gente sempre acompanhou as festinhas dela no kindergarten e na escola) eu caía no choro. Nunca consegui falar nada. Me emocionava muito ao ver aqueles pequenos, tão sinceros em seus votos de felicidades, do jeitinho que eles pensavam que ela merecia….minha nossa…aquilo me comovia muito. Depois disso, todos cantavam parabéns à você em inglês, alemão e, no nosso caso, em português. As professoras sempre pedem para cantarmos na língua materna também.

Colando as pedrinhas dos desejos que os coleguinhas deram.
Colando as pedrinhas dos desejos que os coleguinhas deram.

Aniversário na Escola:
Na escola, o ritual em torno do aniversariante fica menor, sem muitos detalhes. Como destaque, a criança que faz aniversário usa uma coroa. A turminha também senta em círculo e no meio da roda, uma mesinha com uma velinha (ou o bolo com a vela). Todos cantam parabéns em inglês, alemão e na língua materna do aniversariante. A professora entrega uma caixinha onde tem lápis, pulseira, colar….para a criança escolher o presente dela. Tudo muito simples. E claro, depois disso, o bolo é servido.
O que eu percebo nos aniversários daqui, tanto nas comemorações na escola quanto fora dela, é que o importante é a diversão, a comemoração de mais um ano. Não existe aquela preocupação de dar um presente caro, de cada um comprar um presente para levar ao coleguinha que faz a festa na escola. O objetivo é mostrar que um abraço, um sorriso e a companhia dos amigos para festejar mais um ano de vida, vale muito mais do que qualquer presente. E que um simples presente, como uma pulseirinha de miçangas, simboliza mais do que a gente possa imaginar.

Cortando o bolo junto com a professora e os colegas.
Cortando o bolo junto com a professora e os colegas.
No dia do aniversário da Ana Julia teve aula de canto. E junto com outras turminha da escola, todos cantaram parabéns para ela.
No dia do aniversário da Ana Julia teve aula de canto. E junto com outras turminha da escola, todos cantaram parabéns para ela.

Onde eu encontro os materiais para as festas:
Etsy (parte de papelaria/decoração)
– Amazon – Alemanha e Inglaterra (pratinhos, guardanapos, toalha)
– Site Meine Kinder Party (pratinhos, guardanapos, toalha, balões)
– Loja ou site da Toys’rUs

Os locais onde fiz as festas:
Salão em Turgi
Sala no Familienzentrum Karussel, em Baden
(O Spielgruppe que eu aluguei não existe mais).

O bolo dos 7 anos da Ana Julia quem fez foi minha amiga Fernanda. Para ver as gostosuras que ela faz e encomendar algo, clique aqui.

Se você quer ler mais sobre escola/filhos, veja estes posts aqui:

E agora? Do que vamos brincar?
Sommerfest – o fim do ano letivo
A preparação para o Kindergarten
Como funciona o Jardim de Infância na Suíça
O alemão como segunda língua
Os anos escolares e as avaliações na Suíça
Material escolar para o Jardim de Infância
Discriminação entre crianças
Abra a boca e…..escova seus dentes!
Atividades extra curriculares
Dia de visitar a escola
As férias escolares
Lanternenumzug (Desfile das Lanternas)
As férias escolares e suas regras
Creche e outros serviços que cuidam das crianças
Toda regra tem sua exceção – Lanche no Kindergarten
Kindergarten – Encerramento do ano letivo
Material escolar para a primeira série
A primeira série na Suíça

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Twitter
Google +
Instagram

 

10 comentários em “Aniversário de criança na Suíça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *