Hotel Kyriad, na Disney Paris

Quando planejamos a nossa viagem de fim de ano para a Disney e para Paris, foi difícil encontrar um hotel acessível. Nesta época de fim de ano, os preços e a procura são altos. Pesquisei hotéis em Paris, mas sinceramente estava bem complicado encontrar algum que fosse pagável. E olha que comecei a procura por setembro. Imaginem se eu deixasse para mais tarde.
Foi quando resolvi procurar por um hotel na Disney ou próximo a ela, já que ficaríamos um dia inteiro lá com as crianças. Dos mais baratos, encontrei o Kyriad Disneyland Paris. Reservei um quarto para duas noites por 333€. O quarto tinha uma cama de casal e um beliche. Como nós éramos um total de 6 adultos e duas crianças, eu reservei um quarto e minha amiga reservou outro igual. Depois dividimos as despesas.
Ele não é um hotel que fica dentro da Disney, mas sua proximidade com o lugar ajuda bastante (uns 3km da entrada do parque).

Na manhã que fizemos check out no hotel estava fazendo -2 graus.
Na manhã que fizemos check out no hotel estava fazendo -2 graus.

O que foi bom:

– na recepção do hotel tem uma lojinha com produtos da Disney e brinquedos para as crianças ocuparem seu tempo;
– o hotel também oferece um ônibus que leva e traz o pessoal da Disney, em vários horários durante o dia e a noite (serviço gratuito);
– os funcionários são super gentis.

Lojinha com produtos da Disney.
Lojinha com produtos da Disney.
IMG_0076
Brinquedos na recepção do hotel.

IMG_0075

O que poderia melhorar:

– o quarto é apertado (considerando que praticamente todos os hóspedes estão com filhos, o espaço é bem limitado);
–  a água do chuveiro do nosso banheiro não esquentava direito. Agora pensem nisso tendo temperaturas negativas do lado de fora do hotel, do tipo -4 graus);
– a pia do nosso banheiro estava entupida. Mas isso foi resolvido no segundo dia que a gente estava lá;
– o restaurante, onde é servido o café da manhã, me pareceu um alojamento. No primeiro dia faltou pão e o pessoal não fez a reposição. Acredito que tenha sido porque a gente foi meia hora antes de terminar o prazo do café. Mas mesmo assim, estávamos dentro do horário. No segundo dia, resolvemos ir cedo para não ter o problema de reposição do dia anterior. Só que a fila para entrar no restaurante não diminuía. Esperamos uma hora para ver se mudava a situação (da janela do nosso quarto a gente conseguia ver a porta de entrada do refeitório) e nada. Encaramos os -2 graus daquela manhã e ficamos meia hora na fila, aguardando alguma mesa ser liberada. Acho que isso aconteceu também porque era o primeiro dia do ano e tinha muita gente no hotel.

IMG_0074 IMG_0073

Se alguém tiver uma experiência diferente com este hotel, pode comentar. Assim a gente pode ajudar outras pessoas!

Para acessar o site do hotel, clique aqui.
(ficamos no hotel entre os dias 30 dezembro de 2014 e 1 de janeiro de 2015).

*************************************************************

Aproveite para acompanhar o Pelo Mundo Blog pelas redes sociais:

Facebook
Twitter
Google +
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *