Picnic no cemitério – coisas de Suíça

Semana passada, um grupo de amigas brasileiras de Baden combinou um picnic para aproveitarmos o dia de sol. Como a partir de agora cada dia ensolarado se torna algo muito raro, aceitei o convite na hora. Algumas levariam seus filhos, o que ficaria ainda melhor para que a Ana Julia pudesse aproveitar também.

E quando perguntei o lugar, levei um susto. Uma amiga falou: “Ali num jardim da Bruggerstrasse, onde era o antigo cemitério.”. Eu pensei: “Oi? entendi direito?”.

Ah…na hora eu já entendi tudo (aham!!! senta lá Ana). Claro que ERA um cemitério e que AGORA ele é um lindo jardim onde tem até pracinha para as crianças brincarem. Achei meio macabro o cenário, mas quer saber? Procurei não pensar mais nisso, porque agora era tudo DIFERENTE!

Ok…fomos para lá (eu, Ana Julia e Laurentina, que é uma amiga brasileira que a pouco tempo saiu de St. Gallen e agora é minha vizinha) e fomos as primeiras a chegar. Estendi a toalha de picnic, coloquei as comidas para começarmos a beliscar algo quando eu resolvo olhar ao redor. Eu não acreditei, mas ainda existem túmulos por lá. Sabe aquele momento sem reação? Então….foi aí que percebi que as outras pessoas que estavam com seus filhos brincando, as que estavam deitadas na grama lendo um livro ou conversando, nem davam bola para a história do lugar. Demorei a me “soltar”. Achei que aquele ambiente de lazer não combinava com o local. Mas daí, todo mundo agindo como se fosse a coisa mais natural do mundo, pensei: “Por favor né Ana Luiza, relaxa e aproveite o dia lindo e as companhias”. Nesta hora as outras amigas já tinham chegado e o barulho da criançada tomou conta do ambiente.

O lanche.
O lanche.

IMG_5655

 

Tem um baú cheio de brinquedos para brincar na areia. Nem precisa levar de casa. É só usá-los e guardá-los no baú novamente.
Tem um baú cheio de brinquedos para brincar na areia. Nem precisa levar de casa. É só usá-los e guardá-los no baú novamente.

Pausa para os papos e as risadas.

Quando começamos a recolher nossas coisas para irmos embora, lembrei que aquilo AINDA ERA um cemitério. “Gente….que coisa doida!”, era só isso que eu conseguia pensar.

O lugar é chamado de Alter Friedhof (cemitério antigo). Ele foi criado em 1821 e era usado por católicos. A partir de 1875 a população que era reformista passou a utilizá-lo também para os enterros. Há um caminho que leva até aos fundos do lugar, onde está o parquinho para as crianças. Arbustos em forma de cone formam um tipo de corredor. Em 1949 foi realizado o último enterro no Alter Friedhof, pois a área industrial de Baden havia crescido muito ao redor e não oferecia mais o silêncio e o isolamento desejado. Por 125 anos funcionou ali o cemitério da cidade.

Entrada do parque.
Entrada do parque.
Ao fundo, os túmulos que ainda estão por lá.
Ao fundo, os túmulos que ainda estão por lá.

IMG_5657 IMG_5654

Com exceção do parquinho para as crianças que foi recém inaugurado (em 2013 ele foi reformado), as demais áreas estão quase que da forma original. Como alguns túmulos, esculturas e árvores.

Apesar do lugar ser um tanto exótico para um picnic, ele é muito bom para isto e para as crianças aproveitarem os dias de sol.

Para quem quiser se localizar e até aproveitar para conhecer, aí está o mapa:
Captura de Tela 2014-09-22 às 17.35.00

 

5 comentários em “Picnic no cemitério – coisas de Suíça

  • setembro 22, 2014 em 9:34 pm
    Permalink

    Acho que aqui as pessoas já estão acostumadas com essa coisa de “história para todos os lados” que nem param mais para observar com os mesmos olhos que nós. Eu estou aqui na Alemanha fazem quase 6 semanas, me sentindo quase no céu com tanta informação. Se engana quem pensa que Alemanha é só II Guerra Mundial! Aproveite os detalhes aí da Suíça por mim…

    Resposta
    • setembro 23, 2014 em 10:17 am
      Permalink

      Tem lógica isso Bruna, que o pessoal daqui tá acostumado a “ver historia por todo lado”.
      E vamos aproveitar tudo isso que a Alemanha e Suíça nos apresentam!!!!
      Beijos

      Resposta
  • setembro 30, 2014 em 9:50 am
    Permalink

    Deve ter sido estranho mesmo, né amiga? Saber que tem muita gente enterrada lá… tb não conseguiria relaxar!!!! Bjos

    Resposta
    • setembro 30, 2014 em 2:19 pm
      Permalink

      bota estranho Mel..preciso ir mais vezes pra ver se consigo achar isso normal. hahahah
      beijos

      Resposta
  • Pingback: Parque aquático Aquabasilea – Suíça – Pelo Mundo Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *