Pensei em Cinque Terre e achei Bonassola

Depois do calorão de Roma a gente merecia se refrescar numa praia. E na volta para casa, paramos em Bonassola. Primeiro preciso falar que o meu objetivo era conhecer Cinque Terre. Para isso fui em busca de informações sobre a região e encontrei no blog da Juli (o mochila da Juli)  o que eu precisava saber. Tinha decido que ficaríamos em Monterosso, mas o problema apareceu quando não conseguia encontrar hotel no lugar. Foi então que procurei nos lugares próximos e achei Bonassola.

Lá reservei nosso hotel, mas com a intensão de passar o dia em Cinque Terre. Tinha visto horários de trens e a viagem levaria 8 minutos entre um lugar e outro. Mas no final das contas, nos apaixonamos por Bonassola e por lá ficamos.

Quando chegamos em Bonassola era noite e foi meio assustador. A região é montanhosa e as estradas bem estreitas. Sabe aquele momento onde todos no carro ficam calados, mas pensando: “onde é que isso vai parar!”. Pois então, todos tensos esperando até quando iríamos com curvas e mais curvas. Isso que a gente pensava que a estrada era mão única. Depois que a gente cruzou por outro carro e percebemos que o negócio era pior que imaginávamos, aí sim que ninguém piscava!!!!

Ao chegar no hotel um certo alívio contagiou a todos. Finalmente paramos de rodar. Ainda bem que não tenho problemas de enjoo ao andar de carro. Mas quem tem, leve seu saquinho porque o caminho é bem tortuoso.

Vista do nosso hotel.
Em cada quarto tinha este quadro negro para deixarmos uma mensagem.

Ao amanhecer o dia a gente conseguiu se situar melhor. A vista do hotel era maravilhosa. Não tinha pensado que o lugar seria tão bonito. E foi assim que a gente acabou optando ficar por Bonassola mesmo. A praia fica numa baía, bem pequena. O lugar é frequentado por pessoas da cidade e da região. Acho que nós eramos os únicos “forasteiros” porque todos olhavam para a gente.

Descendo o morro para chegar na praia.
Sei que estou na Itália por causa dos varais pendurados nas sacadas.

Para quem não gosta de areia, este é o cenário perfeito. A praia lembra Nice, na França. Repleta de pedras. Tem lugar para colocar o guarda sol se você tiver. Mas para quem não tinha os apetrechos, pode alugar duas cadeiras e um guarda sol por 20 euros durante o dia todo. Ou passar a lábia no moço que aluga e pechinchar 3 cadeiras e um guarda sol por 17 euros.

Foto que coloquei no Instagram.
No lugar de areia, pedrinhas.

Outra coisa interessante é que o local é na beira de uma morreba (como já escrevi no início do post). Logo, para descer até a praia todo o santo ajuda. O problema é voltar para o hotel. Mas como estávamos de férias, para que pressa né?

O centro de Bonassola é minúsculo. Tem só 3 restaurantes e 4 bares. Mas a comida é muito boa e o sorvete delicioso. Fora que o italiano é um povo mais animado que o suíço. E ao saberem que eramos brasileiros, todos queriam falar em português. Essa parte eles poderiam ter nos poupado, mas o que valeu foi a hospitalidade.

E por falar em hospitalidade, as proprietárias do nosso hotel foram demais. Super simpáticas e atenciosas, ela fazem ali mesmo (a casa delas fica do lado do hotel) o que servem no café da manhã. Na verdade o pátio do hotel é o mesmo da casa delas.

Centro de Bonassola.
O pôr do sol.
No hotel tem cadeiras para a gente ficar apreciando a vista.

Mais informações:

Sobre Bonassola, clique aqui.

Sobre nosso Hotel, clique aqui.

10 comentários em “Pensei em Cinque Terre e achei Bonassola

  • setembro 24, 2012 em 7:24 pm
    Permalink

    Que lugar lindo…..Quero ir passear lá qdo eu for te visitar……Bjossssss

    Resposta
  • setembro 25, 2012 em 4:12 pm
    Permalink

    Oi Ana
    Obrigada pela menção ao blog. Que legal que o Mochila da Juli conseguiu lhe ajudar, mesmo que indiretamente. Eu não conheci Bonassola, mas parece muito bonita. As casinhas em terracota e o mar azul são inconfundíveis e típicos da região.
    Talvez até compense visitar outros vilarejos, pois Cinque Terre pode ser demasiadamente cara e movimentada, sobretudo no verão.

    Resposta
    • setembro 26, 2012 em 9:29 am
      Permalink

      Juli…não poderia deixar de mencionar teu blog. Foi através dele que eu consegui as informações e Bonassola foi consequência.

      Resposta
  • agosto 18, 2016 em 10:33 pm
    Permalink

    Oi garota ! Que surpresa tive ao ,acidentalmente, achar ese blog e ver a tua foto.Pensei : Nossa como é parecida com a Preta !!! E era a própria .Estou pesquisando para organizar a nossa viagem em janeiro. A Italia pelo jeito é um encanto e vai ser dificil decidir onde ir. Daremos noticias mais tarde qdo estivermos com o roteiro planejado. Bjos de todos nós.

    Resposta
    • agosto 19, 2016 em 12:14 am
      Permalink

      Oi Neusa!!!! Que bom saber que encontrou o meu blog. Estamos aguardando vcs! Beijos

      Resposta
  • outubro 3, 2016 em 5:31 am
    Permalink

    Oi Ana. Acabei de ler teu post. Obrigado por compartilhar tua experiência. Vamos para Cinque Terre de carro em maio do ano que vem e estamos com dúvida onde montar nossa cidade base..em Portovenere ou Bonassola. Você poderia me dizer como funciona para ir de Bonassola para alguma cidade da Cinque Terre? Se é de barco ou trem? Quanto tempo leva?Muito obrigada!

    Resposta
    • outubro 5, 2016 em 11:08 pm
      Permalink

      oi Graciele, quando planejei a viagem, a ideia era usar Bonassola como base e ir de trem até Cinque Terre. Demora 10 minutos de trem de Bonassola para Cinque Terre. De barco eu não procurei, mas deve ter sim. Abracos,

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *