Minha lista de favoritos em NYC!

Sempre que recebo visitas, eu fico meio desconectada. Incorporo as funções de mãe, mulher, dona de casa, motorista, organizadora de eventos, secretária… a de promoter cultural. Tipo guia de turismo. Confesso que acabo me divertindo porque aproveito e passeio junto, mas essa nova funcão requer um planejamento de datas, preços, transporte e um sem fim de preparativos para fazer a roda girar.

Nova Iorque é incrível em termos de atrações e tem opções para todos os gostos e bolsos. Tudo depende do que você já conhece da cidade e o que deseja explorar, mas confesso que tenho os meus passeios prediletos, aqueles que  já estão sempre meio que pré-agendados por assim dizer, sempre que recebo visitas.

Já escrevi diversos posts falando de sugestões de coisas a fazer por aqui, museus e seus horários de graça, restaurantes e um bom outro tanto de dicas para explorar a cidade, mas nesse texto quero trazer o que eu mais gosto de fazer nesse lugar repleto de ” listas de coisas a fazer”.

Assim, resolvi fazer um tipo de Patricia’s Favorites in NY. Talvez seja útil para você que pensa em desvendar essa miríade de lugares em uma mesma cidade. Lembrem-se, eu não sou nenhuma expert em nada, mas sim uma verdadeira “gulosa” quando se refere a experiências. Quero consumir tudo que puder: ver, comer, ouvir, sentir…e aqui vou trazer o que considero o meu melhor de NYC.

  •  Broadway: considero que sou uma boa frequentadora de musicais. Se tivesse que eleger somente uma, a melhor em termos de música, figurino e experiência em geral é o Lion King. Apesar de trazer a representação teatral do filme infantil, não se engane, essa peça tem uma maturidade no que se refere a utilização de puppeteria que é rara de se encontrar e que encanta pela proximidade com o movimento dos animais reais. A música do Elton John não precisa de elogios, pois é uma obra prima por si só. E se você tem crianças na sua viagem para a a Big Apple, pode levar tranquilo seu pimpolho, sabendo que ele vai se divertir a beça. Lion King é um daqueles raros espetáculos que entrete, de verdade, toda a família. Ah, e se você tiver mais tempo, assista Mary Poppins e o Fantasma da Ópera. Para simplesmente se divertir (você deve ir sem nenhum preconceito, ok?) com a música e rir um outro tanto, o nada convencional Priscilla, Queen of the Desert é uma boa pedida. 
Imagem da Peça Lion King
  • Experiências gastronômicas: confesso que fiquei com medo de entrar nessa seara, pois o mundo sem fim de opções por aqui nesse departamento me deixa meio acanhada de dar pitacos. Entretanto, como essa é a proposta do post que aqui escrevo, vou me arriscar. Adorei o Eataly, que faz uma brincadeira com os nomes Italy e Eat, pois é uma completa imersão no mundo dos sabores italianos. Idealizado pelo famoso chef Mario Batali, o local reproduz um mercado “idealizado” italiano. Padarias, confeitarias, mercado de frutas, restaurante, bar, wineshop… fazem parte desse lugar. O Happy Hour, com mesas que você fica em pé, dividindo espaço com os novaiorquinos que acabaram de sair do trabalho, é uma celebração aos frios, queijos e vinhos italianos. Se preferir sentar propriamente, tem um restaurante dentro do mesmo ambiente. Outras sugestões imperdíveis: Dinosaur Bar-b-que no Harlem, para comer um típico churrasco americano; Buddakan um sofisticado restaurante asiático, com uma fusão de sabores do oriente e um ambiente para lá de requintado.
Foto do Eataly
  • Museu: Sou gamada em museus. Das galeria em si, as cafeterias que fazem parte, acho tudo um charme. Para escolher um só, acho que seria impossível. Assim, vou elencar os três que não deixo passar ao fazer um roteiro aos meus convidados. Metropolitan Museum of Art* (conhecido como MET), tem absolutamente de tudo e seria impossível cumprí-lo num dia somente (não tente isso, ou vai sofrer de uma overdose visual!). Aconselho que você pegue o mapa do Museu antes e defina claramente suas áreas de interesse. Detalhe: eles tem um restaurante mais sofisticado, Great Hall Balcony Bar, segundo andar que é delicioso pela comida e visual. American Museum of Natural History*, ideal para levar crianças, com os famosos dinossauros no quarto andar e o hall de animais do mundo inteiro no segundo e terceiro andares que são magnifícos. Se puder, assista antes o filme Night at the Museum com Ben Stiller para identificar os locais e exposições em sua visita. Finalmente, com algum sofrimento por deixar vários tantos de fora, sugiro o The Museum of Modern Art (MOMA) que foi remodelado e está uma verdadeira “pintura”!  Aconselho que você comece pelos quinto e quarto andares com as obras mais famosas (Frida Khalo, Van Gogh, Matisse e tantos outros estão por aqui!) e se sobrar tempo, ou for do seu interesse, explore os demais andares para ver as peças mais avançadas visualmente (tipo aquelas que você não entende muito porque são consideradas obras de arte, com todo o perdão para a minha ignorância). Não perca: o jardim de esculturas na entrada e a cafeteria do segundo andar.**
Jardim de Esculturas do Moma
  • Parques: Além do Central Park por razões óbvias, (se puder, visite o Central Park Zoo), sugiro o High Line, se quiser saber mais veja um post do Pelo Mundo, totalmente dedicado a esse projeto e finalmente o Brooklin Bridge Park, novinho em folha, com um carrossel gigante, lindo e perfeito para fazer um piquenique à la americana (traga pretzel, cachorro quente e o que mais quiser!).
Carroussel do Brooklin Bridge Park
E minha última e mais poderosa dica é: se quiser viver Nova Iorque, caminhe muito! Cada cantinho pode te proporcionar uma bela surpresa e uma enxurrada de estímulos aos 5 sentidos. Aqui tudo é possível. É o lugar perfeito para fazer o que nunca foi feito e acredite, você pode acabar surpreendendo a si próprio com suas descobertas. Como diz a letra do Sinatra: Se eu realizo algo lá,  realizarei o que quiser em qualquer lugar!***
*Lembre que você não precisa pagar a Recommended Admission. Contribua com o quanto puder. Até U$ 1,00 vale e ninguém te questiona!
** Toda a sexta, das 4 às 8 da noite, tem a Target Free Friday. Você entra na fila, pega um ingresso e passeia pelo museu for free.
*** Original: If I can make it there, I will make it anywhere!

3 comentários em “Minha lista de favoritos em NYC!

  • março 19, 2012 em 12:26 pm
    Permalink

    Amei as dicas da Paty!!!! Aliás, algumas, já utilizamos, e acho que a Sofia, e nós, amamos a dica do Lion King!!!!
    O CD do musical toca o tempo todo…em casa, nos carros…temos várias cópias…rsrsrs
    E lá em casa já somos os 3 apaixonados pela Big Apple!!!
    Anotei todas as dicas…
    Beijos e saudades, Lu

    Resposta
  • março 19, 2012 em 9:09 pm
    Permalink

    Va fazendo a listinha, adoro lugares cheios de charme, uma peca na Broadway, uma comprinha aqui outra ali(sera que vou realizar meu sonho de consumo), e muitos beijinhos e abracos nos meus fofinhos, eh uma injecao de prazer, ate la, bjs.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *