Não comemos só Guacamole!

Este post foi feito pela Flávia Oliveira, nossa colaboradora que mora no México. Aqui ela vai contar um pouco sobre a culinária mexicana. Este é um post de uma série que iremos colocar aqui para vocês conhecerem mais sobre o país.

Quando começamos a planejar nossa mudança para o México, uma das nossas maiores preocupações era a comida. Por toda a fama que a culinária mexicana tem de que tudo é muito picante ou temperado e também pelo óbvio que é a saudade do que nos é familiar.
Mas já posso adiantar para os que gostariam de conhecer o México que a comida é um atrativo extra: o México tem uma variedade imensa de pratos e iguarias!

Em 2010, a culinária mexicana foi reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Pois mantêm ingredientes e modos de preparo desde as épocas pré-hispânicas e a variedade de pratos é enorme.

A base da alimentação é o milho, usado para fazer a tortilla, prato fundamental para os mexicanos e acredito que é consumida por eles mais que o pão. Dizem que existem mais de 40 espécies de milho em todo o país. Com certeza não provei todos, mas um que provei e que vale a pena é o milho azul. Com ele se faz a “tortilla de maiz azul”, de sabor especial.
E dos pratos, como já escrevi, a variedade é muito grande, e para poder descrever, farei uma seleção simples e nada democrática, já que vou escrever dos que mais gosto.

Comidas para café da manhã:

Tamal: o que temos mais parecido em conceito no Brasil é a pamonha, mas aqui é geralmente salgada e sempre recheada. A massa do milho é recheada com carne de frango ou porco, ou de pimentão, ou de feijão. E molho, muito molho. Tudo isso é envolto com a folha do milho ou folha de bananeira. Mas também existem muitas maneiras de preparar tamales. Esses são os mais conhecidos em Ciudad de México, a região onde eu moro.

Tamal (Fonte: consultaeventos.com)

Molletes: é um pão (parecido com o pão francês), untado com “frijol refrito” (feijão batido no liquidificador e frito com cebola e alho até diminuir para a metade da quantidade original) e uma fatia de queijo. Tudo isso gratinado para o pão ficar crocante e derreter o queijo. Uma delícia!

Molletes (Fonte: www.mylot.com)

Chilaquiles: se eu tentar ensinar como faz ou tentar descrever o prato, mesmo assim não vai dar idéia do quanto é bom o negócio. Para mim, é o melhor acompanhamento dos molletes em um “desayuno” perfeito!

Chilaquiles (Fonte: simplyrecipes.com)

Comidas para almoço ou jantar:

Para almoçar, o que acho mais típico é comer um taco. Que é a tortilla dobrada no meio ou enrolada, recheada de carne, porco, frango ou nopal (cactus, que pode estar assado ou cozido). Na verdade, se pode enrolar de tudo com a tortilla… e sempre acompanhada com molho vermelho, de tomate vermelho e pimenta ou molho verde, de tomate verde e pimenta verde.

Taco (Fonte: debuencomer.es)

As comidas aqui normalmente são acompanhadas de sopas, mas não é sopa para doente… as sopas são bem elaboradas e muitas são deliciosas. As minhas preferidas são a Sopa de Tortilla e o Caldo Talpeño.

Sopa de Tortilla (Fonte: www.cheeef.com)
Caldo Talpeño (Fonte:vlchf-bloggen.blogspot.com)

Não posso deixar de falar do Mole que é um molho com muitas pimentas e especiarias. O mais tradicional é o Mole Poblano, um prato que para muitos mexicanos é o mais típico do país. Alguns são preparados com chocolate ou sementes de cacau, o que dá um sabor adocicado e tostado ao molho. O Mole é servido com carnes e arroz, e cada carne tem um Mole que combina melhor com ela.

Mole Poblano (Fonte: mexicofoodandmore.com)

Para os que quiserem conhecer a culinária mexicana a fundo, aqui estão outros pratos também muito típicos daqui, apesar de não serem da minha preferência: Chiles en Nogada, Pozole, Cochinita Pibil.

Chiles en Nogada (Fonte: eats.com)
Pozole (Fonte: simplygluten-free.com)
Cochinita (Fonte: mexicofoodandmore.com)

PS: talvez tenha ficado muito explícito minha preferência pelo café da manhã! Eu fico sempre na dúvida do que pedir porque gosto de tanta coisa. Para outras refeições não tenho tantas preferências.

Um comentário em “Não comemos só Guacamole!

  • junho 29, 2011 em 6:06 pm
    Permalink

    Que delíciiiiaaaa!!! Recém almocei e estou com água na boca…fiquei imaginando as sobremesas…rsrsrsrs
    Beijos

    Resposta
  • junho 30, 2011 em 7:23 am
    Permalink

    Lu…..fiquei com muita vontade de comer isso tudo!!! 🙂

    Resposta
  • junho 30, 2011 em 4:25 pm
    Permalink

    Estao convidadas!!! As famílias Girardi Nessi e a Dorneles de Souza estao convidadas a tirar férias no Mexico!!!
    bjo queridas!

    Resposta
  • junho 30, 2011 em 5:45 pm
    Permalink

    Ueba!!! Vontade de ir mesmo não me falta Flávia. E falar em comida é golpe baixo comigo…hahahaha
    Beijão!!!

    Resposta
  • junho 30, 2011 em 6:05 pm
    Permalink

    Poxa Flavia… Agora quero ir tambem… Adorei o post!!!

    Resposta
  • julho 6, 2011 em 6:45 pm
    Permalink

    Pode vir, Paty!! Vamos gostar mto de receber vcs, com filhotes… oba!!
    Bjos

    Resposta
  • maio 24, 2012 em 10:40 am
    Permalink

    Nossa quanta delicia!!! Aqui na China tambem muitos pratos tem de acompanhamento sopa para muitos chineses a sopa substitui os liquidos (suco, refrigerante, cha…)

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *