Categorias: Suíça (curiosidades & diferenças)

Atrás da bandinha só não vai quem já morreu – O carnaval suiço

Engana-se quem acha que na Suíça não tem carnaval. Tem, mas o carnaval está mais para uma oktberfest colorida. Entendem? Assim como eu acho que natal combina muito mais com o hemisfério norte, por causa da neve, o carnaval realmente foi feito para ser comemorado no calor do Brasil.

Mas o pessoal aqui até que se esforça para dar um ar bem alegre para comemorar estes dias. Não tem feriado, claro. Mas deste quinta de madrugada a festa tinha começado. Aqui eles têm umas formas estranhas de pular o carnaval. Esta da madrugada é uma banda (o que seria a bateria de uma escola de samba) que passa às 4 da manhã pela rua, tocando. Também é acompanhada por pessoas que se animam a sair de suas casas com a temperatura de -4 graus. Este ano não estava nevando. Mas ano passado estava tudo branco quando isso aconteceu. E a gente não sabia que eles fariam isso. Imaginem o susto quando fomos acordados de madrugada, nevando, com uma banda de música passando na frente de casa. Essa para mim é a maior manifestação de força de vontade de comemorar o carnaval.

Bem….sendo assim, eles capricham no visual. Sim, muitas fantasias. E todas cheias de detalhes (às vezes elas me parecem meio dark, é verdade). O que mais gosto são as pinturas nos rostos. São muito bem feitas. Todos os integrantes iguais, pintadinhos, se apresentando no centro da cidade. É um revezamento de bandas (desculpem, não consigo chamá-las de bateria) que animam o dia frio do carnaval suíço.

Pessoal fantasiado
A banda se apresentando
Os rostos pintados – às vezes a fantasia fica difícil de identificar

 

Para terem uma idéia do que eles tocam, vejam os vídeos abaixo (links). Não é O samba, mas já conseguem fazer as pessoas se mexerem (o mexer não quer dizer dançar. Estamos na Suíça e as pessoas são mais tímidas – aparentemente).

Carnaval Suíço – banda tocando

Outra banda de carnaval

E para matar a fome e a sede (sim, os foliões cansam!!) há barraquinhas que vendem comidas e bebidas. Todas típicas da região como lingüiça com pão, queijo quente e até o famoso cachorro quente americano. E para beber tem desde chopp até rum.

As crianças são as que mais se divertem. Mesmo todas cheias de casacos, as mães colocam nelas fantasias para não perderem a oportunidade de brincar também.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 comentários

  1. Muito legal saber como é o carnaval na Suiça Ana. Na Noruega não tem nada disso, o máximo que tem de carnaval é algumas festas temáticas e festinhas nas escolas e creches, para as crianças se fantasiarem e brincarem.
    Bjão, Mel.
    P.S.: Sentada no sofá, em Santa Maria, olhando o desfile das escolas de samba do Rio, coisa que não fazia há anos 🙂

  2. Ana!
    Tá melhor do que o carnaval de Caxias do Sul! 🙂
    Aqui tb, nem feriado tem! E não vejo essas bandinhas e fantasias coloridas pela rua… 🙂

    1. hahah sério Pri??? pois é…Caxias não tem carnaval mesmo. E o que me irritava ai era o pessoal trabalhar como se nada estivesse acontecendo no Brasil. hahahah

  3. No Mexico só tem Carnaval em outro estado, que se chama Veracruz, bom pelo menos nos disseram.
    Aqui no DF, tem um baile promovido pela Camara de Comercio Brasil Mexico, mas n boto mta fé…
    Mas fantasiamos as meninas (as bbs, n as maes, essas já n sao meninas…) para brincar um pouco.
    Bjo

    1. Que estranho né Flavia? Tem carnaval em outro estado e não no DF. Bom…cada um com suas manias. Pois então…fantasiar as meninas (as pequenas) é bem legal. Eu não tive coragem de fazer isso com a Ana Julia. Tá muito frio aqui ainda!! Uma pena.
      Beijos,

  4. Oi Ana, ví este post somente agora em 2016, sou músico. achei interessante isso! aqui no Brasil em épocas de carnaval também há bandinhas como estas pelo interior afora, é uma releitura dos carnavais passados, não sendo exatamente como se tornaram as grandes escolas de samba! Parabéns pelo post. Eu descobri recentemente que minha trisavó era Suiça então resolvi pesquisar um pouco mais sobre, achei muitas coisas legais e dentre elas este seu post.
    Abraço