I survived being a single mom!!!

 

Fonte: crazytownmayor.com

Agora posso falar, mas fiquei duas semanas sozinha com os dois pequenos, enquanto o Erico foi para o Brasil.

Nas piores semanas em termos de frio dos últimos anos, com as crianças sem aula, diria que eu pensei que não passava psicologicamente “ilesa” dessa experiência. Mas sobrevivi… e agora estou mais forte….

Assim, resolvi fazer uma “ODE” a minha aventura materna com uma “música e letra inédita” (ha,ha,ha) do meu alterego: P.Lo  – entrei na onda da Lady Gaga –

Sobreviverei (em cuidar das crianças sozinha por duas semanas!) por P.Lo

(Baseada na letra da música I will survive de Glória Gaynor)


At first I was afraid I was petrified

Primeiro eu fiquei com medo e paralisei (como o maridão vai viajar para o Brasil e me deixar sozinha?)

Kept thinkin’ I could never live without you by my side;

Pensando que não conseguiria viver sozinha (com os nossos lindos anjinhos)

But then I spent so many nights

Então passei várias noites (acordada claro, e cuidando deles!!!!)

Thinkin’ how you did me wrong

Pensando que eu estava ferrada (e estava mesmo!)

And I grew strong

mas fiquei forte (era isso ou pirar!)

And so you’re back from outer space

e agora você está de volta dessa viagem (para o Brasil e no verão?!)

I just walked in to find you here with that sad look upon your face

Eu chego em casa e encontro você aqui, com aquela cara de triste (e cansado porque trabalhou demais????, Hellloo!!!)

I should have changed that stupid lock

Eu devia ter trocado a fechadura (mas daí vc não conseguiria entrar para me ajudar de novo…)

I should have made you leave your key

Eu devia ter feito você me deixar com suas chaves (na verdade, vc deixou em caso de eu perder a minha entre as fraldas e roupas para lavar)

If I’d’ve known for just one second you’d back to bother me

Se eu soubesse, por apenas um segundo, que vc voltaria para me incomodar (Não amor, você não incomoda não, me ajuda e muito… FICA!!!)

Go on now, go walk out the door

Vá agora, vá porta afora (Não!!!!! Fica que eu precisssssoooo ir no shopping espairecer)

Just turn around now

Se manda agora (pro quarto das crianças trocar as fraldas dos dois!)

(‘cause) you’re not welcome anymore

Porque vc não é mais bem vindo (Mentirinha!!!!)

Weren’t you the one who tried to hurt me with goodbye

Não foi vc que tentou me magoar com um adeus? (nunca senti tanta saudade de você como dessa vez!)

Did I crumble

Eu desabei?(quase, chegou perto!)

Did you think I’d lay down and die?

Vc pensou que eu ia me deitar e morrer? (que tal deitar e dormir? daí, tô dentro!)

Oh no, not.I. I will survive

Não, não. Eu sobreviverei (exausta, mas viva!)

Oh as long as I know how to love I know I’ll stay alive;

Enquanto eu souber como amar, eu sei que ficarei viva (amor de mãe é incrível mesmo)

I’ve got all my life to live,

Eu tenho toda a minha vida ainda para viver (sei que a partir do 1 ano de vida deles, as coisas ficam mais fáceis, ou.. a gente se acostuma?)

I’ve got all my love to give and I’ll survive,

Eu tenho o meu amor para dar e eu sobreviverei (verei eles crescerem, casarem e terem seus filhos e… eu sei que vou ajudar eles com o maior prazer!)

I will survive. Hey hey.

Eu sobreviverei Ha,ha! (e ainda vou dormir muito…)

It took all the strength I had not to fall apart

Tive que gastar todas as minhas forças para não entrar em desespero (acredite, é verdade isso!)

Kept trying’ hard to mend the pieces of my broken heart,

Me esforcei para juntar os pedaços do meu coração partido (e usava o tempinho que eu tinha para tomar um banhinho rápido)

And I spent oh so many nights

e passei tantas noites (acordando umas 10 vezes para trocar fraldas, dar mamadeiras, levar filho para cama que veio dormir na minha cama de madrugada…)

Just feeling sorry for myself. I used to cry

Só sentindo pena de mim mesma. E eu chorei (quando o mais velho pediu para eu achar o esquilinho no meio de sua coleção de 200 bichinhos, enquanto o mais novo chorava querendo mamar).

But now I hold my head up high

Mas agora eu ando com a minha cabeça erguida (o maridão chegou, divide as tarefas e o bebê passou pelo regime militar para aprender a dormir mais, conhecido como sleep training)

And you see me somebody new

E você vê agora que eu estou nova em folha (até esmalte na unha e corte de cabelo eu fiz!)

I’m not that chained up little person still in love with you,

Eu não sou mais aquela pessoa acanhada que você se apaixonou (acanhada eu?????)

And so you feel like droppin’ in

e então vc achou que podia aparecer (depois de dormir na casa da mamãe até logo depois do almoço… como vc pôde sabendo que eu estava aqui com os dois anjinhos sozinha)

And just expect me to be free,

e espera que eu estivesse disponível (mal conseguia ir no banheiro, pô)

Now I’m savin’ all my lovin’ for someone who’s lovin’ me

Agora eu guardo todo o meu amor para alguém que me ame também (vc e meus dois fofuchos. claro!)

Go on now.. etc.

E se manda agora (Não senhor, agora é a sua vez, ok?)

P.s.: quero redimir a classe da mammys dizendo que os daddys são fundamentais em ajudar, mantendo assim a sanidade do lar. Obrigada amor!

Um comentário em “I survived being a single mom!!!

  • fevereiro 18, 2011 em 6:14 am
    Permalink

    Otimo!!!! Voce sabe que tbm passei por isto, maridao no Brasil (mas por 1 semana)……. mais uma semana sendo “single mom” acho que eu ia pirar! Tambem tem o fato emocional… poxa BRASIL?!?! (calor, familia, comida brasileira… ) – bate o ciumes, queria eu estar lah, ao inves disto eu aqui, trancada em casa por causa do frio e das tempestades de gelo/neve e com 2 pequenos. Ainda bem que a palavra “mommy” nao gasta neh?! Mas eh isto aih Paty, WE SURVIVED, e tudo que posso dizer agora eh que quero comer, tomar um banho com calma e dormir em paz!!! Olha na proxima vez que o Erico for para o Brasil tu faz as tuas malas e das criancas e vem para cah, pelo menos a gente chora juntas!!!! (risos) Beijos e te cuida!!!

    Resposta
    • fevereiro 18, 2011 em 5:31 pm
      Permalink

      Pois é Flavinha, tudo passa e a gente vai ficando mais forte e criando experiência para os próximos perrengues da vida. ø importante é ter habilidade para rir da própria desgraça….

      Resposta
  • fevereiro 18, 2011 em 12:34 pm
    Permalink

    Patricia, dei muita risada, mas também, fiquei morrendo de pena de vc…. Tadinha….. Sozinha com os dois….. Realmente não é fácil, já passei alguns momentos bem parecidos. Mas, eles crescem, e aí, fica mais difícil, kkkk.
    Que bom que o Erico voltou, né?
    Bjos e saudade.
    Tia Laura

    Resposta
    • fevereiro 18, 2011 em 5:29 pm
      Permalink

      Tia Laura, bem vinda ao blog… enfim, agora é passado. Ele voltou e as coisas estão bem mais fáceis. Bjs a todos por ai.

      Resposta
  • fevereiro 18, 2011 em 1:29 pm
    Permalink

    Congratulations SUPER MAMMY PATY!!!
    Esta aventura foi the best!!!Também concordo que sem o papais não é nada fácil…
    Beijos, Lu

    Resposta
  • fevereiro 18, 2011 em 2:29 pm
    Permalink

    Minha amiga, me acabei rindo (da desgraça alheia) hahaha. Muito bom (o texto tá? :D) Imagino a loucura que foram estas duas semanas, interminaveis eu acredito!
    Bom saber que depois tu foi no cabeleireiro e fez as unhas. Porque Eu Mereço! Lembro sempre de vc falando isso. E eu pensei mesmo que esta faringite era a resposta do corpicho cansado!
    Beijos

    Resposta
    • fevereiro 18, 2011 em 5:28 pm
      Permalink

      Com certeza a faringite foi resposta do meu cansaço. Lembro que eu rezava pedindo energia e para não ficar doente enquanto estivesse sozinha.

      Resposta
  • fevereiro 18, 2011 em 8:15 pm
    Permalink

    ADOREI O “P.LO” !!!!

    PODEROSA!!! HEHEHE….

    BJOS!!!

    Resposta
    • fevereiro 19, 2011 em 1:09 pm
      Permalink

      eu sei… uma vez, em 2003, uma pessoa me perguntou o meu nome e assim que eu disse, ela falou: So you are a P.Lo… e eu disse: pillow?. Ele não: vc é como a J.Lo!
      Daí eu adotei como nome artistico (rs,rs,rs)

      Resposta
  • fevereiro 18, 2011 em 10:10 pm
    Permalink

    Oi Paty, pelo que eu vejo vc nao perdeu o humor, nem acriatividade.
    E saiba que vc vai ter saudades desses momentos que embora mau dormidos vc tem a certeza que seus anjinhos estao ali nos seus bercinhos.
    O tempo vai passar vc nao vai dormir.E vai se perguntar onde estarao os meus anjinhos?
    Tomara que o Erico lhe faca companhia nessas noites que parecem interminaveis

    Resposta
  • março 9, 2011 em 10:49 pm
    Permalink

    Adorei!!!! Eu tambem passei por isso…mas nao uma semana!!! Foram 4 dias…o maridao estava em Abudab…tambem pensei que nao sobreviveria…e olha que a pessoa que me ajudava em casa estava de ferias! Apesar da loucura…realmente fiquei mais forte e feliz de saber que e possivel…apesar dos cabelos em pe! Bjo

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *