A chegada na Suíça

Quando chegamos aqui na Suíça, tivemos o grande e enorme apoio de um casal amigo nosso. Eles são brasileiros e também têm uma filha, quase da idade da nossa. Agora, eles já estão morando no Brasil novamente, mas foram fundamentais para a nossa adaptação aqui. Com eles aprendemos e recebemos muitas informações que demoraríamos para entender. Então, tivemos realmente muitas informações dadas de bandeja, literalmente. O nosso apartamento eu vi pela internet, mas quem visitou ele para saber se valia a pena alugar, foram nossos amigos. E a primeira coisa que me deixou espantada, foi que a imobiliária alugou sem nunca ter visto os inquilinos – nós. Claro que mandamos documentos que comprovavam o vínculo do meu marido com a empresa que ele veio trabalhar. Mas não precisamos reconhecer firma em cartório nem outra burocracia. Quando chegamos, já tínhamos o contrato de aluguel em mãos (em alemão, claro…nem tudo são flores). E tivemos contato mesmo com alguém da imobiliária quando fomos fazer a vistoria no apartamento. Foi aí que a moça que representava a imobiliária teve quase um surto. Ela só falava alemão e italiano. E nós só no inglês. Sabem quem nos ajudou? O rapaz que faz as manutenções no prédio (aqui eles chamam de Hauswart e em inglês é Housekeeper). Então ele foi nosso tradutor. E na saída, ela se mandou, nem quis nos dar tchau direito porque, pelo visto, tinha ficado cansada de tentar nos explicar. É…não é fácil este negócio de tentar falar em outra língua. Mas o Housekeeper foi muito gentil e no final ele acabou acompanhando toda a vistoria.

Era verão quando chegamos, então foi fácil a adaptação. Foram dias de sol lindos e a noite só chegava às 22h. Isso estranhamos, porque quando percebíamos, já eram 21h e dia lá fora. Nem preciso dizer que as crianças adoram o verão. Não que elas não aproveitem o inverno, mas no verão, elas ficam o dia todo fora de casa. Aqui, alías, eles dão mais valor aos dias de sol. Nós, como temos bastante sol no nosso país tropical, já estamos acostumados. Já nestes lados suíços, o verão dura mesmo uns 3 meses, no máximo.

Outra coisa que achei muito legal quando chegamos foram estas placas que anunciam a chegada de um bebê. Elas ficam na frente dos prédios e das casas. Nelas estão o nome do bebê e a data de nascimento. Não sei se é porque sou mãe, mas adorei isso. Como anunciar a todos que passam pela frente da casa, que chegou alguém especial!

13 comentários em “A chegada na Suíça

  • novembro 15, 2010 em 10:26 pm
    Permalink

    Que dez, Ana! Foi dada a largada no blog! Que venham várias histórias e relatos legais! Parabéns!

    Resposta
    • novembro 17, 2010 em 9:50 pm
      Permalink

      Esperamos que gostem Pri. Valeu o apoio desde o início! Beijos

      Resposta
  • novembro 16, 2010 em 5:11 pm
    Permalink

    Parabéns pelo blog, está mto legal, e , claro que vou acompanhar tudinho….. Ah, e como foi mobiliar o apto ?????? Vou te mandar uma foto para ilustrar a odisséia ….kkkk Bjossssss….

    Resposta
    • novembro 17, 2010 em 9:47 pm
      Permalink

      Manda a foto sim….não tenho nenhuma deste momento! Kkkkk beijos

      Resposta
  • dezembro 7, 2010 em 4:18 pm
    Permalink

    Oi Ana Luiza.
    Que legal. A ajuda é sempre bem vinda quando chegamos num lugar novo, oder?
    Não conheço Nussbaumen, mas se é parte alemã, estamos perto.
    Fico feliz em poder passar sentimentos e situações que outras pessoas possam se identificar e ver que não estamos só no mundo.

    bjos

    Resposta
    • dezembro 7, 2010 em 4:46 pm
      Permalink

      Oi Liana….bom receber seu comentário. Sim, receber ajuda quando chegamos num lugar desconhecido e ainda que não fala a nossa língua, é maravilhoso. Nussbaumen fica perto de Baden AG. É bem pequena e é um distrito de Baden, digamos assim. Um dia nos encontramos. Ainda quero ir passear um dia por Bern, que também não conheço. Beijos,

      Resposta
  • março 7, 2011 em 5:30 pm
    Permalink

    Ola Ana Luiza, Seu blog esta genial. Que bom que posta estas informacoes nos possibilitando conhecer u pouco o dia a dia do estrangeiro fora de sua Patria. Atualmente vivo em santiago do Chile e em junho devemos nos mudar para Zurich. Seria muito bom conhece-la. Continue escrevendo, ok? Um beijao a todoa sua familia.

    Resposta
    • março 8, 2011 em 4:27 pm
      Permalink

      Oi Ana,
      fico feliz que está gostando do blog. Claro que podemos nos conhecer. Será muito legal, com certeza. E se você precisar de ajuda, alguma informação sobre Zurich, só falar. Beijos,

      Resposta
  • dezembro 1, 2013 em 2:23 am
    Permalink

    eu estou pretendo trabalhar e morar na suíça estou sem saber como começar

    Resposta
  • outubro 21, 2015 em 3:57 am
    Permalink

    Ana Luiza, que bacana seu blog.
    Meu esposo já está em Zurique, e eu e as crianças vamos despois que terminar o ano letivo da Laurinha aqui. Estou tirando muitas dúvidas nos seus posts. Obrigada por se expressar tão bem, e ajudar que tanto precisa das suas informações. Beijooos.
    Elaine..

    Resposta
    • outubro 24, 2015 em 1:57 am
      Permalink

      Oi Elaine, então final do ano vc e seus filhos já estarão por aqui também? Que legal. Apesar do frio, acho uma época s muito bonita aqui. Acho que as crianças vão adorar.
      Seja bem vinda e felicidades para vcs aqui na Suíça!
      Beijos

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *